Home CroáciaDubrovnik O que fazer em Dubrovnik

O que fazer em Dubrovnik

por Fernanda

Um dos destinos na Croácia mais visados pelos turistas é Dubrovnik, cidade de características medievais. Também conhecida como Pérola do Mar Adriático a cidade está sempre repleta de turistas de todas as partes do mundo.

Nesse post vou falar tudo sobre a cidade: atrações, onde ficar, qual a moeda utilizada e dicas de passeios para países próximos. Descubra o que fazer em Dubrovnik, como aproveitar melhor o seu tempo na cidade e não perder absolutamente nada. Esse é um guia completo e gratuito, para que a sua viagem seja repleta de experiências marcantes.

 Leia também  

Tudo o que você precisa saber sobre Dubrovnik

o que fazer em dubrovnik
Dubrovnik. Foto: Shutterstock por Cge2010

Um pouco sobre a história de Dubrovnik

Antes de indicar os principais pontos turísticos e o que fazer em Dubrovnik, vale a pena conhecer a história da cidade e o motivo pelo qual ela se tornou tão popular. A sua fundação data da primeira metade do século VII. No entanto, existem teorias que indicam que o surgimento foi antes até mesmo de Cristo.

Sabe-se que as muralhas foram construídas entre os séculos X e XIII e tinham como objetivo proteger a cidade de ataques. Mas a história não para por aí. Dubrovnik já viu de tudo um pouco. No ano de 1667, a cidade foi bem afetada por um terremoto. E, recentemente, no início dos anos 90, Dubrovnik sofreu com os bombardeios na Guerra da Iugoslávia. Muitas atrações e monumentos foram danificados.

Viaje despreocupado para a Croácia!

Viaje tranquilo e despreocupado com seguro viagem. Faça sua cotação e ainda ganhe desconto.

Felizmente, a partir de 1995, graças a um acordo entre a União Europeia e a Unesco, o processo de reconstrução de Dubrovnik começou.

E mesmo com um passado turbulento, Dubrovnik conserva suas características originais. É possível sentir o clima medieval a cada rua e viela da cidade.

Mas o sucesso da cidade não se deve apenas ao seu aspecto medieval. Uma das séries mais populares dos últimos anos, Game of Thrones (que – acredite se puder – eu nunca vi e admito que peguei um certo ranço depois da lotação que vi em Dubrovnik), teve algumas de suas cenas gravadas na cidade. Os fãs da série piram e é possível fazer vários tours pelos cenários que foram utilizados na série.

dubrovnik croácia

O que fazer em Dubrovnik

Agora chegamos a parte mais legal do texto: o que fazer em Dubrovnik. Separei alguns dos pontos turísticos mais recomendados para quem pretende conhecer essa cidade medieval.

Boa parte dos pontos turísticos são acessíveis a pé, demandando do turista, além de disposição física e muita energia, algum tempo disponível para o passeio.

A Velha Dubrovnik – Old Town

Apesar de contar com pontos turísticos específicos, toda a cidade faz parte de um grande cartão postal. Sua aparência medieval, cercada por muralhas de todos os lados, é puro charme e beleza. Por isso, muitos dos turistas ficam fascinados simplesmente pelo fato de estarem na parte antiga da cidade. Bom, grande parte dos turistas fica poucas horas em Dubrovnik, pois saem dos navios de cruzeiros e não possuem tempo para explorar tudo que a cidade tem para oferecer.

Vale mencionar que a Cidade Velha de Dubrovnik foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. É uma representação viva de uma época, que conserva sua força e imponência.

As ruas e construções são feitas em pedra, estilo medieval. Dentro da Velha Dubrovnik (Old Town) é possível encontrar uma série de pontos comerciais, como lojas, bares, restaurantes e opções para hospedagem.

Além disso, existem diversos museus e igrejas, como não poderia faltar em uma região tão antiga e preservada. É impossível falar sobre o que fazer em Dubrovnik sem mencionar que toda a cidade parece perdida no tempo e no espaço. Quem entra por um de seus portões sente como se fizesse uma viagem ao passado. O Pile Gate é o principal portão de entrada.

cidade velha dubrovnik
Cidade Velha Dubrovnik

Stradun (Plaka)

Stradun (também conhecida como Plaka) é a principal rua da Velha Dubrovnik (Old Town). A Stradun vai do Pile Gate até a Torre do Relógio. Todos os dias passam por ela centenas e centenas de visitantes.

Stradun é um dos pontos mais movimentados da cidade. E como o percurso só pode ser feito caminhando, se perder não é impossível. Isso porque existem diversas ruelas que transformam a cidade em um verdadeiro labirinto. Quem gosta de caminhar sem destino vai amar se perder por lá – talvez literalmente.

O calçamento de toda a rua Stradun é feito em calcário, o que confere um charme todo especial. Vale a pena escolher um ponto dessa grande rua para tomar uma bebida ou um sorvete (provei um e achei delicioso).

dubrovnik stradun
Dubrovnik. Foto: Shutterstock  por Canadastock.

Mosteiro e Museu Franciscano

Existe muito o que fazer em Dubrovnik, principalmente para aqueles que apreciam cultura, história e memórias do passado. O mosteiro e museu franciscano está próximo ao portão Pile Gate.

O seu nome original é Muzej Franjevačkog Samostana. Sua construção data do século XIV, sendo uma das mais atraentes e imponentes da cidade. Os objetos ali expostos contribuem para contar a história da cidade e da Croácia como um todo. São, em sua maioria, itens religiosos.

Quem visita o mosteiro e museu franciscano pode dar um pulinho na farmácia que está bem ao lado. Mas essa não é uma dica qualquer: essa é considerada uma das farmácias mais antigas de toda a Europa, ainda em funcionamento. Foi fundada no início dos anos 1300 e continua em atividade.

o que fazer em dubrovnik

E se você está se perguntando o que fazer em Dubrovnik depois de dar uma volta pela Cidade Velha (Old Town), sugiro subir e caminhar nas Muralhas. Dessa forma é possível contemplar a beleza da cidade a partir de um ângulo completamente privilegiado. O Mar Adriático pode ser contemplado durante o percurso. A maior parte das muralhas foi construída durante os séculos XV e XVI.

Prepare o bolso, porque o passeio não é de graça. Para visitar as Muralhas é preciso pagar 200 kunas (mais ou menos €27). Aliás, os preços em Dubrovnik são bem salgados. Foi a cidade mais cara que visitei na Croácia. Paga-se até para usar o banheiro (acho absurdo, mas fazer o que?).

Voltando para as muralhas: em alguns pontos, elas alcançam a inacreditável altura de 25 m. A Velha Dubrovnik se encontra completamente cercada pela muralha, que tem comprimento total de 2 km aproximadamente.

Fiz esse passeio em um dia bem nublado e lá pelas tantas choveu, mas mesmo não conseguindo ver o Mar Adriático em seu melhor tom, tenho que admitir que a vista lá de cima é linda. A caminhada é relativamente tranquila.

Muralhas de Dubrovnik

Forte Lovrijenac

O Forte Lovrijenac fica do lado de fora das muralhas, mas você consegue visitá-lo utilizando o mesmo ingresso das muralhas. Prepare-se para subir muitos degraus. Se a subida das muralhas é tranquila não dá para dizer o mesmo da subida do forte. Se o dia estiver bonito, a vista lá de cima compensa.

 Leia também  

Teleférico

Quando estive em Dubrovnik (final do mês de maio), o teleférico não estava funcionando. Fui abordada na porta da atração por alguns motoristas de táxi que estavam oferecendo um passeio nos moldes do teleférico, porém de carro. Como o dia estava nublado, ameaçando chover e eu achei o preço dos taxistas bem caro (60 euros que depois baixou para 50 euros), decidi não fazer o passeio.

Mas se o dia estiver ensolado como na foto abaixo, recomendo o passeio. A vista lá de cima deve ser realmente impressionante. Aparentemente o teleférico voltou a funcionar. Procure sempre as informações no site oficial – http://www.dubrovnikcablecar.com/.

o que fazer em dubrovnik
Dubrovnik. Foto: Shutterstock por Roman Sigaev

Praias de Dubrovnik

Nem só  de construções medievais vive Dubrovnik. As praias da cidade fazem bastante sucesso entre os turistas. Eu infelizmente não fui agraciada com o sol e não tive a chance de ver o mar como na foto abaixo. Se você der mais sorte que eu, sugiro visitar as seguintes praias: Banje Beach (bem próxima da Cidade Velha), Cava Beach e Uvala Lapad. 

o que fazer em dubrovnik
Praia em Dubrovnik. Foto: Shutterstock por Emperorcosar.

Passeios bate-volta desde Dubrovnik

Por conta de sua localização privilegiada é possível fazer alguns passeios bate-volta a partir de Dubrovnik. No meu plano inicial eu pretendia fazer os passeios para Montenegro e Bósnia e Herzegovina. Consegui fazer apenas o passeio para Montenegro (paguei €52) e foi certamente o ponto alto da minha viagem. Apesar da chuva, eu amei cada pedacinho daquele lugar mágico. Em uma próxima oportunidade, quero dedicar mais dias para Montenegro.

perast montenegro
Perast, Montenegro. Foto Shutterstock por canadastock

Informações gerais de Dubrovnik

Onde fica Duvrovnik

Muitas pessoas se perguntam o que fazer em Dubrovnik, mas não sabem onde fica essa cidade ou como chegar até lá. A cidade está localizada na Croácia, mais precisamente na região Dalmácia, ao sudeste. O que separa Dubrovnik da Bósnia Herzegovina é uma montanha. Dubrovnik também fica muito próxima do país Montenegro (uma das grandes surpresas da minha viagem).

Documentação para viajar para Dubrovnik

O país faz parte da União Europeia. Sendo assim, para poder ingressar na Croácia, não é necessário visto prévio para viagens a turismo com duração de até 90 dias. Basta possuir um passaporte com validade mínima de pelo menos 90 dias após o término da viagem.

Detalhe: a Croácia ainda não faz parte do Espaço Schengen, então há uma nova imigração caso esteja vindo de outro país que faz parte do Tratado.

É recomendável a contratação de um seguro viagem para a sua visita a Croácia. É possível encontrar seguros por até R$10/dia. É um valor bem acessível. Faça sua cotação e ainda ganhe 5% de desconto. Quero meu seguro viagem com desconto

Como chegar em Dubrovnik

Avião

Essa foi a minha escolha já que voei de Atenas (Grécia) para Dubrovnik (Croácia). Aliás, recomendo a dobradinha Grécia e Croácia. Croácia também combina com Eslovênia (outro país que eu amei conhecer na Europa).

O aeroporto de Dubrovnik fica localizado a uns 15 km da Cidade Velha. Você pode ir para a Cidade Velha de táxi que custa umas 250 Kunas (€35) ou pegar um ônibus até o Pile Gate. Optei pelo ônibus que custa 45 Kunas por pessoa. Detalhe: é necessário trocar euros por kunas para comprar a passagem. Há uma casa de câmbio dentro do aeroporto. A cotação em maio/19 estava assim: 1 euro = 7 kunas.

Chegando na Cidade Velha (Pile Gate) eu peguei um táxi até o hotel Zagreb e gastei mais 80 kunas. Achei o táxi bem caro em Dubrovnik.

Ônibus

Se você já estiver na Croácia é possível chegar em Dubrovnik vindo de ônibus de outras cidades, como Split e Zadar, por exemplo.

Ferry

Também é possível chegar em Dubrovnik de ferry. Durante a alta temporada há muitos ferries operando na cidade, vindo até mesmo de Bari na Itália.

Carro

Uma boa opção para quem já está viajando por outras cidades da Croácia ou está vindo de países vizinhos, como Eslovênia e Hungria, por exemplo.

dubrovnik cidade velha
Cidade Velha em Dubrovnik

Melhor época para visitar Dubrovnik

De maneira geral, diria que é melhor visitar Dubrovnik durante os meses do verão europeu (julho, agosto e setembro) para poder aproveitar as praias. Historicamente, julho e agosto são os meses mais secos na Croácia, mas vá preparado porque a cidade fica lotada.

Os meses de primavera e outono também podem ser interessantes, mas são instáveis. Eu, por exemplo, estive na Croácia no final de maio/19 (primavera) e peguei chuva todos os dias. Foi horrível!

Escolher quantos dicas ficar em Dubrovnik vai depender do que você pretende visitar por lá. Se você for em um mês mais frio, por exemplo, e fizer questão apenas de conhecer os principais pontos turísticos da cidade eu diria que 2 dias são suficientes.

Quantos dias ficar em Dubrovnik

Eu reservei 4 dias inteiros para a cidade, mas por conta da mudança do horário do meu voo, eu acabei ficando apenas 3 dias inteiros na cidade, sendo que 1 deles dediquei para visitar Montenegro.  Como peguei clima nublado e chuva todos os dias, esse dia que tive que cortar do roteiro acabou não fazendo tanta diferença já que não pude aproveitar as praias.

Agora se você for visitar Dubrovnik em um mês quente e quiser conhecer as principais atrações da cidade, curtir as praias e ainda visitar Montenegro e Bósnia e Herzegovina eu sugiro ficar no mínimo 5 dias na cidade.

Onde se hospedar em Dubrovnik

Durante as minhas pesquisas, vi que muita gente recomendava a hospedagem dentro da Cidade Velha (Old Town). Se você quer realmente sentir toda a vibe da cidade e encontrá-la vazia quando as multidões voltam para seus navios de cruzeiro ou para seus hotéis, não se importa em carregar as malas por ruas estreitas e cheias de degraus e o orçamento está mais folgado, ficar na Cidade Velha é realmente a melhor opção.

Como meu voo chegava tarde da noite e eu já tinha lido a respeito da dificuldade de carregar as malas pelas escadas da Cidade Velha e os preços das acomodações estavam bem salgados, eu optei por ficar na região de Lapad, em um hotel perto da praia. Fiquei no Hotel Zagreb (RESERVE AQUI). O hotel fica em um casarão, é simples, mas bem limpinho. Oferece café da manhã incluso no valor da diária e fica a poucos passos de um ponto de ônibus que leva rapidamente para a Cidade Velha.

hotel zagreb dubrovnik
Hotel Zagreb em Dubrovnik

Moeda da Croácia

A Croácia faz parte da União Europeia, porém não está na zona euro. A moeda do país é a Kuna Croata (HRK). Em maio de 2019, a melhor cotação que consegui foi de 1 euro = 7,30 Kunas. Precisa trocar a moeda ou eles aceitam euros? Precisa trocar. Os poucos lugares que aceitam euro não usam um câmbio muito favorável. Há também a opção de utilizar o cartão de crédito.

kuna croata

Kuna Croata. Foto: Shutterstock por Duntrune Studios

20 comentários
0

20 comentários

Gabriela Torrezani 26 de agosto de 2019 - 05:02

Faz muito tempo que sonho em conhecer Dubrovnik, espero poder realizar logo… seu post está super completo, parabéns! E que bom saber que dá pra fazer um passeio pra Montenegro, achei bem legal isso…

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 21:26

Montenegro fica muito próxima a Dubrovnik. Foi o ponto alto da minha viagem. Adorei Montenegro e quero muito voltar.

Reply
Marcela 26 de agosto de 2019 - 06:49

Ahhh que incrível essas fotos de Dubrovnik! Não sabia que tinha tanta coisa pra fazer lá. Na última viagem pra Europa acabei deixando de fora, agora tô muito arrependida kkkk

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 21:25

Dubrovnik é pequena, mas não faltam opções de passeios.

Reply
Marcia Picorallo 26 de agosto de 2019 - 08:19

Ótimas dicas, tudo bem explicadinho sobre Dubrovnik, a Croácia parece ser linda, mesmo. Olha, eu também pelo ranço quando uma série ou filme popularizam demais um lugar antes tão tranquilo.

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 21:25

Pois é. Eu sinceramente acho que Game of Thrones tirou grande parte do encanto de Dubrovnik. Na mesma linha do que aconteceu em Maya Bay Tailândia com o filme “A Praia”. Mas o turismo tem dessas. Fazer o que?

Reply
Vanessa 26 de agosto de 2019 - 16:54

Dubrovnik é meu sonho de princesa, por causa de GOT obviamente hehehe
Mas legal saber que tem tantas coisas pra fazer por lá, além dos pontos de interesse da série.

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 21:21

Sim, tem bastante coisa para fazer. Vale a pena conhecer Dubrovnik.

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 22:26

Oi Fernanda, adorei seu post sobre o que fazer em Dubrovnik! Mas também achei um absurdo pagar até pra ir ao banheiro

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 22:35

Sim, 1 euro e cinquenta para usar o banheiro. Achei absurdo, principalmente porque a subida para as muralhas custou quase 30 euros. Fazer o que, né?

Reply
Paula Augot 26 de agosto de 2019 - 23:39

Eu queria muito ter ido pra Dubrovnik, mas infelizmente só pude ir para Split! Minha vontade é voltar e fazer Dubrovnik, Bósnia e Montenegro

Reply
Fernanda 27 de agosto de 2019 - 08:22

Vale a pena voltar e conhecer Dubrobnik. Eu amei Montenegro.

Reply
Carol Miranda 27 de agosto de 2019 - 08:07

Sabe que morro de vontades de conhecer as muralhas de Dubrovnik. A Croácia é um país que ainda quero conhecer e como você disse que a melhor época é no verão, vou me programar para fazer isso. Ótimas dicas

Reply
Fernanda 27 de agosto de 2019 - 08:21

Eu quero voltar para Dubrovnik no fim do verão para ter chance de pegar dias ensolarados.

Reply
Ruthia Portelinha 27 de agosto de 2019 - 09:47

Fernanda, eu também não segui o GoT, vi apenas os 2 últimos episódios da série para perceber do que toda a gente falava, haha. Dubrovnik está bem popular entre os portugueses e vendo as fotos desse mar, percebo porquê. Mas acho que preferia visitar no Outono, para evitar um pouco a enchente de turistas. O que acha?

Reply
Fernanda 27 de agosto de 2019 - 09:51

Acho que no início do outono (outubro) é uma boa época porque as multidões já foram embora e não há muitos navios de cruzeiros. Em uma próxima viagem pretendo visitar Dubrovnik no final de setembro ou meados de outubro.

Reply
Diego Arena 27 de agosto de 2019 - 16:48

Tenho um amigo que AMA a Croácia e sempre fala super bem de todas as cidades. Dubrovnik é uma das que quero muito conhecer quando for pra lá, o contraste dos prédios com a água é algo que me chama muito a atenção.

Reply
Fernanda 28 de agosto de 2019 - 09:23

Vale a pena conhecer Dubrovnik. A cidade é linda mesmo.

Reply
MICHELE 28 de agosto de 2019 - 00:20

Que sonhoo Dubrovnik. Pesquisando para uma viagem achei seu blog. Parabéns, vai me ajudar muito no planejamento.

Reply
Fernanda 28 de agosto de 2019 - 09:14

Que bom que gostou, Michele.

Reply

Deixe um Comentário