Home Destinos InternacionaisEuropaSuíçaLucerna Passeio ao Monte Rigi na Suíça

Passeio ao Monte Rigi na Suíça

por Fernanda

Atualizado em 13 de setembro de 2019

O passeio ao Monte Rigi é uma ótima opção para quem vai visitar Lucerna e também quer conhecer uma das mais belas montanhas da Suíça.  A vista panorâmica que se tem desde o cume do Monte Rigi é realmente impressionante.

Viaje despreocupado para a Suíça!

Viaje tranquilo e despreocupado com seguro viagem. Faça sua cotação e ainda ganhe desconto.

Passeio ao Monte Rigi saindo de Lucerna

Como montei base em Zurique, cheguei cedo em Lucerna e fui direto ao balcão de informações turísticas dentro da estação de trem me informar a respeito do passeio para o Monte Rigi. Vale a pena dar uma passada lá, pois eles têm diversos mapas e ajudam bastante respondendo dúvidas e dando sugestões de passeios. No meu caso se não tivesse ido lá, provavelmente teria feito besteira e ido para Weggis para pegar o teleférico para Monte Rigi. Eles me avisaram que o teleférico não estava funcionando no dia da minha visita e me deram orientações para fazer outra rota que irei detalhar aqui.

Se no dia da sua visita o teleférico estiver funcionando, eu acho que vale a pena chegar lá via Weggis. A vista do teleférico deve ser de tirar o fôlego.

Como chegar ao Monte Rigi

Barco para Vitznau

Depois de pegar as informações, atravessei a rua e fui para a estação dos barcos. Peguei o barco em direção à Vitznau. O passeio de barco por si só já é uma atração turística. O lago é lindo (como quase tudo na Suíça, diga-se de passagem).

passeio ao monte rigi

passeio ao monte rigi

Funicular para o cume do Monte Rigi

Desci em Vitznau e logo em seguida peguei o funicular para o topo do Monte Rigi. Não é à toa que a Suíça é a terra dos relógios, é tudo tão cronometrado e preparado para o turismo que chega até a assustar. O barco chega e alguns minutos depois o funicular sai. Realmente incrível!

passeio ao monte rigi

Uma dica: tente sentar na janela tanto na ida como na volta e não desligue a máquina fotográfica nem um segundo.

passeio ao monte rigi

Vista do funicular

O funicular faz algumas paradas até chegar ao topo e alguns corajosos resolvem descer em algumas delas para encarar a trilha até a subida. Não foi meu caso.

passeio ao monte rigi

Desci na parada final. Estava um frio desgraçado lá em cima e eu claramente com uma roupa inapropriada para a situação, mas era tudo tão bonito que até deu para relevar aquele vento – bem – gelado por alguns minutos.

passeio ao monte rigi

passeio ao monte rigi

passeio ao monte rigi

Voltei com o funicular e desci em Vitznau novamente. Não demorou muito para o barco chegar. Voltei para Lucerna.

Todo esse passeio está incluso no Swiss Travel Pass, o passe de transporte que utilizei na Suíça. Outra opção interessante nos arredores de Lucerna e que merece a visita é o Monte Tilts. Vale a pena colocar também no seu roteiro.

Continue planejando sua viagem para a Suíça

É bom saber antes de viajar para a Suíça

Suíça de trem, veja como funciona o Swiss Travel Pass

Roteiro de 5 dias na Suíça

16 comentários
0

16 comentários

Gabi 16 de outubro de 2016 - 16:53

Que lindo! Mais um passeio que quero fazer, mas acho que vou esperar o verão voltar, rs. Sobre isso de os trens serem cronometrados, devo dizer que depois de 3 meses morando aqui já estou mal acostumada. Fui pra NYC semana passada e fiquei irritadíssima com os metrôs atrasados hahaha. A bixa mal saiu de SP caótica e já ta se irritando poraí…

Reply
Fernanda 16 de outubro de 2016 - 17:17

Bom, eu detesto o metrô de Nova York. É confuso demais. Você desce em uma estação e nem sempre consegue voltar na mesma, porque algumas estações são só de saída. Sem contar que se pegar a entrada errada, já era e não passa a linha que você precisa. O pessoal fala que tenho implicância. Já tinha antes da Suíça, agora então. hahaha

Você fez aquele passe tipo Swiss Travel Pass anual (para residentes)? Se fez, vale a pena ir em um dia de sol. O visu é lindo demais 🙂

Reply
Diaulas 18 de outubro de 2016 - 20:35

Estive em setembro, recomendo.
Sem frio é mais prazeroso.

Reply
Fernanda 18 de outubro de 2016 - 20:36

Com certeza deve ser 🙂

Reply
Leonardo 26 de outubro de 2016 - 08:46

Esse passeio é de fato maravilhoso.

Reply
Fernanda 26 de outubro de 2016 - 22:23

Concordo 🙂

Reply
Luana 22 de dezembro de 2016 - 17:48

Fernanda, boa tarde. Adorei suas dicas!

Ficarei na Suiça por 2 dias, você acha que vale a pena adquirir o Swiss Travel Pass?

Parabéns pelo blog.

Reply
Fernanda 22 de dezembro de 2016 - 21:13

Em uma só cidade? Olha, para 2 dias acredito que o passe não se pague, já que o menor passe vendido é de 3 dias.

Reply
Rosa Teruko Nagao Schissatti 25 de janeiro de 2018 - 11:45

Achei muito interessante o teu blog ! Pretendemos viajar para. Cinque Terra e depois para Suíça sem destino! Você sugere ir para Berna que é central! Gostaria de saber se Swiss travel pass posso pegar em um mesmo dia os trens Bernina Express com outro como Golden Pass,Gothard Panorama Express, Chocolate train, Golden Pass, Centovalli Express. Saem de um único local? O Glacial Express é comprado em separado? O meu voo chega e sai por Roma, tem algum trem rápido que vai direto para alguma cidade da Suica? Qual seria uma dica para ficar em 3 ou 4 cidades como base!!

Reply
Fernanda 28 de janeiro de 2018 - 22:01

Não são todos os trens especiais que estão inclusos no Swiss Travel Pass. Já em relação aos trens “normais” (regionais) você pode pegar quantos quiser durante o dia.

Reply
Rosa Teruko Nagao Schissatti 25 de janeiro de 2018 - 11:47

Foi muito interessante as tuas informações!!

Reply
Fernanda 28 de janeiro de 2018 - 22:00

Obrigada!

Reply
Clhistynnine 29 de janeiro de 2018 - 21:28

Fernanda amei o blog e as informações sobre a suíça, gostaria de uma informação !

Eu estarei fazendo um intercambio em Londres e um dos FDS quero ir a Suíça chegar numa sexta e voltar no domingo de manhã
Quero conhecer Lucerna a cidade em sí e o monte Rigi e conhecer a cidade de Interlaken também.
Tem como fazer um bate e volta de lucerna a Interlaken só pra conhecer mesmo rapidinho num dia e no outro dia faria o Passeio pelo lago la em Lucerna e iria para o monte Rig.

Pra esses dias tão pouquinho ha necessidade de ter esse passe pra usar os transportes de graçã? Vou de Londres pra Zurique e de transporte mesmo de trem pagarei de Zurique pra Lucerna, e depois pegar o Trem de Lucerna pra Interlaken ida e volta e o passeio de barco em Lucerna pra ir lá no Monte Rigi. Os Passes são no mínimo 3 dias né? Poderia me ajudar vc que é experiente.

Agradeço a atenção

Reply
Fernanda 4 de fevereiro de 2018 - 22:40

O ideal era você ficar esses 3 dias por lá, até para aproveitar melhor. Acredito que com o passe ficaria mais barato, porque inclui até o passeio de barco.

Reply
aline alcantara 20 de março de 2019 - 21:33

Fernanda, tem que pagar entrada para o parque? Ou basta pagar o transporte? Obrigada!!

Reply
Fernanda 28 de março de 2019 - 08:13

Só o transporte.

Reply

Deixe um Comentário