Home Destinos InternacionaisEuropaItáliaChianti Passeio por vinícolas na Toscana

Passeio por vinícolas na Toscana

por Fernanda

Conhecer vinícolas na Toscana é o sonho de muitos que visitam essa bela região da Itália. Eu comecei a gostar de vinho há pouco tempo, mas desde então procuro incluir visitas às vinícolas nas minhas viagens. Não foi diferente na minha última viagem para a Itália (abril/18).

Conhecendo algumas vinícolas na Toscana

Minha escolha foi a região de Chianti, que diga-se de passagem é aquela Toscana que vemos em Hollywood ou nas novelas da Globo. Paisagens espetaculares, de tirar o fôlego.

vinicolas na toscana

Como não aluguei carro e queria fazer algumas degustações de vinhos, a única opção disponível foi contratar um passeio de excursão. Queria um passeio um pouco mais curto e que partisse no período da tarde. Depois de muita pesquisa comprei o passeio “Excursão de 1 dia Cores e Sabores de Chianti“. Paguei €45 (abril/18). O ponto de encontro do meu tour foi em frente ao Bar Reale na estação ferroviária Santa Maria Novella. Me bati um monte para achar esse bar porque a estação é enorme e o bar não é muito bem sinalizado, mas ele fica bem próximo do depósito de bagagens. Na verdade, ali você só faz o check-in e fica aguardando o guia. O ônibus sai da estação rodoviária que fica ali perto (atrás da estação do trem). Esse passeio pode ser feito em português, mas não é todos os dias que tem guia disponível. No dia que fiz, por exemplo, só havia a opção de guia em inglês ou espanhol.

Importante: sugiro chegar meia-hora antes do embarque, principalmente se você não souber onde fica o ponto de encontro (não são todos os passeios que têm o Bar Reale como ponto de encontro. Verifique previamente onde é o seu ponto de encontro). Eles não esperam retardatários.

Como é o passeio pelas vinícolas na Toscana

O trajeto de Florença até a região de Chianti é curto, mas repleto de paisagens maravilhosas. Sugiro ir do lado direito do ônibus.

Tenuta del Palagio

A primeira parada do passeio foi na Tenuta del Palagio, que produz vinhos há mais de 200 anos. Eles produzem 15 tipos diferentes de vinho, sendo 12 deles Chianti Clássico. Aliás, em qualquer vinícola eles fazem questão de explicar o que é o Chianti Clássico: vinho de alta qualidade produzido na região de Chianti, com no mínimo 80% de uvas Sangiovese  e com o Gallo Nero (galo negro) no rótulo.

vinicolas na toscana

Tenuta del Palagio

Todos os vinhos são degustados com queijos ou então bolachas salgadas acompanhadas de azeites de oliva (os azeites também são produzidos no local).

Os vinhos da Tenuta del Palagio são realmente muito bons, tanto é que o tour acabou atrasando um pouquinho porque praticamente todo mundo resolveu comprar uma garrafa de vinho para trazer para casa.

bate-volta desde florença

Vinhedos de Chianti

Santa Margherita

A segunda parada foi na vinícola Santa Margherita, uma vinícola mais moderna. Fomos recebidos com uma taça de Prosecco (amo) e depois fizemos um breve passeio pela vinícola. Depois fomos para a degustação propriamente dita: provamos mais três vinhos, incluindo obviamente um Chianti Clássico.

vinicolas na toscana

Santa Margherita

Todos os vinhos (com exceção do Prosecco) foram degustados com queijos e salame.

vinicolas na toscana

vinicolas na toscana

Greve in Chianti

A terceira parada foi na fofíssima Greve in Chianti, centro da indústria vinícola local. Adorei Greve in Chianti, uma cidade que parece que parou no tempo e onde ninguém sabe o que é stress.

vinicolas na toscana

Greve in Chianti

Fiquei feliz por ter conhecido um pouquinho da região de Chianti e ter conseguido fazer degustações de vinhos que estão no rol de melhores vinhos do mundo.

vinicolas na toscana

Greve in Chianti

São muitas vinícolas na Toscana e, para os amantes de vinho, obviamente o ideal é pernoitar na região para aproveitar ao máximo. Só que como nem todo mundo tem esse tempo disponível, acredito que esse passeio de 1 dia por Chianti quebra um galho.

Leia mais sobre a Itália

Dicas para viajar de trem na Itália

Cinque Terre: o que você precisa saber

Ideias de bate-volta desde Florença

Deixe um Comentário