Home Destinos InternacionaisEuropaEscócia Hostel Budget Backpackers Edimburgo

Hostel Budget Backpackers Edimburgo

por Fernanda

A verdade é que quando você olha um hostel que custa £10, a primeira reação é desconfiar que ele possa ser bom. Mas aí eu já expliquei aqui que você tem que pesquisar. E foi isso que eu fiz. Pesquisei bastante e ele de fato parecia ser muito bom. Reservei e voilà! Quando cheguei no Budget Backpackers em Edimburgo, percebi que ele não era bom, ele era ótimo. Foi um dos melhores hostels que já fiquei.

O hostel fica pertinho do Castelo de Edimburgo. Dá até para ver o castelo de algumas janelas de dentro do hostel. Ou seja, a localização é perfeita.

Sem contar que o prédio é um charme por fora e por dentro. Os quartos são super espaçosos, coloridos, com armáqrios individuais para você trancar sua mochila e com calefação. Uma delícia dormir naquele quarto mesmo quando a temperatura externa é negativa.

Budget Backpackers

Foto retirada do site Hostelbookers

Eles te entregam um jogo de lençóis limpos e uma capa para o edredon e aí você arruma sua cama. Achei super higiênico. Ah, eles não dão toalha, mas isso é meio default nos hostels e já falei naquele outro post.

Também adorei os banheiros. Aliás, descobri um banheiro feminino no segundo andar que tinha um box que você podia se trancar lá dentro e ele tinha uma área antes do chuveiro que você podia deixar suas coisas. Juro que foi quase como tomar banho no banheiro da minha casa. Depois fui em outros e descobri que só lá que tinha esse box e era o último (bem escondido mesmo). Bom, se você for mulher, sugiro entrar em todos e procurar esse tal box que eu estou falando. Só uma coisinha – teve dias que a água meio que esfriou durante o banho, mas nada que pudesse congelar os ossos. Vi um pessoal reclamando em algumas avaliações e tava com bastante medo de tomar banho gelado e na boa, amei a ducha e era super quentinha.

Budget Backpackers

Foto retirada do site Hostelbookers

Outra coisa que adorei – o hostel tem uma cozinha gigante. Tudo bem que ela fica bem tumultuada no café e no jantar, mas como eu amo chá e bebo várias xícaras por dia, achei ótimo poder ter um lugar para esquentar água e poder fazer meu chá de todo dia. A cozinha funciona no sistema – usou, limpou. Mas acho que isso também é padrão nos hostels.

Que mais? O Budget Backpackers tem um bar/restaurante que também vive lotado. Eu cheguei a jantar lá e achei os preços bem razoáveis. Como o café da manhã não está incluído na diária, eles oferecem algumas opções por preços convidativos. Eu não cheguei a experimentar porque não como ovo, aí complica, porque café da manhã inglês vocês sabem como é, né? Ovo é o prato principal.

Budget Backpackers

Foto retirada do site Hostelbookers

Eles não deixam você fazer o check-in antecipado, mas me deixaram tomar um banho. Deixei minha mala nuns armários que você tem que colocar uma moeda de 1 libra e depois, quando abrir o armário, a moeda é devolvida. Para mim foi ótimo, pois pude trocar de roupa e já sair para os passeios logo pela manhã (antes do check-in).

Wi-fi é grátis e eles também tem uma sala de TV.

Agora o que eu mais gostei foram as atividades grátis que eles oferecem: walking tour e pub crawl.

O walking tour é um passeio a pé por Edimburgo que um funcionário do hostel faz com a galera. No meu caso, quem acompanhou meu grupo foi um australiano gatíssimo que estava trabalhando no hostel no esquema do working holiday visa (o mesmo esquema que eu trabalhei na Austrália).

E o pub crawl é um passeio pelos pubs de “Edimbra”. Rola um esquenta no bar do hostel e depois, algum funcionário do hostel sai com a galera para visitar vários pubs. Gente, é fenomenal! Sério! Muito divertido, mas se você não é muito resistente para bebida, nem beba nada, porque já adianto que os escoceses enxugam, mas enxugam mesmo a bebida. E mesmo eu que estou acostumada a beber, tive bastante dificuldade para acompanhar o ritmo.

Outra coisa: leve dinheiro para o pub crawl, porque esse péssimo esquema de ficha de consumação só existe aqui. Lá, você paga tudo para o bartender na hora. Eu acho esse sistema muito melhor e acho até que você gasta menos, mas quem sou eu para falar alguma coisa? Tá aí a tragédia de Santa Maria e ao que tudo indica, gente morreu porque não pagou a consumação. Mas enfim…

Sei que adorei o Budget Backpackers e não tenho nada de ruim para falar do hostel. Aliás, tenho só mais uma coisinha para falar dele. O australiano falou no nosso tour que existe uma lenda que o hostel é a casa de uma fantasma. Diz que ela já foi vista andando pelo hotel e costuma ficar na porta de um banheiro. Olha que eu sou espírita e realmente acredito que eles estão entre nós, mas garanto que eu não vi nada. Para mim, isso é papo do povo que bebeu demais no pub crawl. 😛

 

 

Artigos Relacionados

8 comentários

Ana Six 13 de maio de 2013 - 19:17

Putz, fui pra Edimbra ano passado, durante a páscoa, enquanto estudava em Londres.
Eu amei essa cidade e, concordo com vc: Londres tb é minha cidade favorita no mundo!
Agora me preparo pra ficar uns meses em Ozzy estudando ingles e trabalhando no segundo semestre e depois me jogo na Asia, num mochilão.
To devorando seu blog! Bom saber que Tailandia, Camboja e Vietnã são seguros pq provavelmente vou viajar sozinha pra lá.
Bom, é isso, parabéns pelo seu blog, espero que continue viajando pra atualizá-lo sempre.
bjs

Reply
Fernanda 13 de maio de 2013 - 19:45

Vietnã é o mais complicado de todos, mas ainda muito mais seguro que o Brasil.

Reply
Ana Six 14 de maio de 2013 - 10:15

Depois do que vc disse sobre o Vietnã não ser tão friendly dei uma broxada. Como ainda não tenho roteiro certo, mais pra frente eu vejo com calma.
beijos, sou sua fã!

Reply
Fernanda 14 de maio de 2013 - 12:07

Bom, minha opinião. De todos os povos que conheci no Sudeste Asiático, os vietnamitas são os menos friendly. E, não sou só eu que penso assim. Eles são bem malandros e não quero te assustar, mas meu amigo foi sequestrado (sequestro relâmpago) em Hanói em táxi clandestino. Passou um belo de um aperto lá. Levaram dinheiro, câmera, deram uns tapas. Coisa bem tensa mesmo.

Reply
Roberta Maués 4 de março de 2014 - 01:37

Oi Fernanda, boa noite!
Poderias me tirar uma dúvida? Nesses armários para guardar a mochila cabe uma mala do tamanho M ou um mochilão de 60L?
Abraços!

Reply
Fernanda 8 de março de 2014 - 18:18

Olha, não lembro de cabeça, mas acho que sim.

Reply
Márcia Lopes Gregini 28 de setembro de 2014 - 14:08

Estou adorando seu site, muitas dicas realmente importante.
Estou me planejando para fazer uma viagem para Europa de uns 30 dias, um amigo me sugeriu ir para Portugal e de lá conhecer a outros países como Espanha, Italia,entre outros, mas como será minha primeira vez poderia me tirar uma dúvida.
Tem condições de fazer isso ir de trem ou ônibus para outros países ou vou precisar de visto algo assim, e os hotéis consigo reserva na hora ou tudo com antecedência.
Desde já agradeço muito

Márcia

Reply
Fernanda 28 de setembro de 2014 - 19:48

Via Portugal de trem não dá para ir para muitos lugares, mas com certeza é possível viajar para outros países nem que você voe com as low cost. Quando a viagem é curta, eu reservo sim os hostels/hotéis com antecedência.

Reply

Deixe um Comentário