Home Destaque Guarda do Embaú, onde o rio encontra o mar

Guarda do Embaú, onde o rio encontra o mar

por Fernanda

Atualizado em 2 de novembro de 2020

Primeiramente quero dizer que o estado de Santa Catarina pode até ser o menor estado da região sul do Brasil, mas é o que tem as praias mais bonitas. São mais de 500 km de praias. Assim sendo, muitos paranaenses e gaúchos escolhem passar as férias de verão no estado vizinho. As praias são – de fato -lindas.

A minha praia preferida no litoral sul do Brasil é a Guarda do Embaú. Por isso, reuni abaixo dicas de como chegar, qual a melhor época para ir, onde se hospedar, o que fazer e também o que esperar da alta temporada.

praias do sul de santa catarina
Mapa de Santa Catarina

Onde fica a Guarda do Embaú

A praia da Guarda do Embaú fica a apenas 50 km ao sul de Florianópolis, no munícipio de Palhoça e dentro do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. Foi “descoberta” pelos surfistas lá na década de 70, mas ganhou muita popularidade com a divulgação do ator/modelo Paulo Zulu já que ele tem uma pousada por lá.

Por causa de sua proximidade com Floripa acaba recebendo muitos turistas no esquema bate-volta, mas eu sugiro que você fique uns dias na Guarda para curtir todo o astral da praia, esquecer da vida e relaxar.

Reza a lenda que um navio pirata naufragou na região e os piratas enterram seus tesouros em baú, por isso o nome “Embaú”.

guarda do embaú
Uma das praias mais lindas do Brasil. Foto: Shutterstock por thikosovski

Como chegar

Aeroporto

Há um aeroporto em Florianópolis, a capital de Santa Catarina: aeroporto Hercílio Luz. O ideal é alugar um carro e de lá ir para a Guarda. A viagem de carro entre Floripa e a Guarda do Embaú dura aproximadamente uma hora (em condições normais de trânsito).

Carro

Uma vez que moro em Curitiba, costumo ir de carro daqui até a Guarda. A distância de Curitiba até a Guarda do Embaú é de aproximadamente 350 km pela BR 101. Dá umas 4 horas e meia de viagem.

Só para ilustrar, veja a distância entre outras cidades do Brasil até a Guarda:

Porto Alegre – Guarda do Embaú – 409 km

Joinville – Guarda do Embaú – 228,5 km

São Paulo – Guarda do Embaú – 742 km

praias do sul de santa catarina
O ideal é alugar um carro para percorrer as praias do litoral

Ônibus

Apesar de dar um pouco mais de trabalho, especialmente se você chegar pelo aeroporto de Floripa, também é possível ir para a Guarda de ônibus.

Neste caso, você deverá ir do aeroporto até o terminal TICEN (que fica próximo ao Terminal Rodoviário Maria Rita de Florianópolis) e então pegar o ônibus da empresa Jotur em direção à Palhoça.


 Santa Catarina combina com Curitiba  

Qual a melhor época para viajar para Guarda do Embaú?

Ao contrário das praias do nordeste que possuem temperaturas elevadas durante quase todos os meses do ano, em Santa Catarina o inverno pode ser bastante rigoroso (inclusive no litoral). Sendo assim, eu não recomendo uma visita durante os meses mais frios, especialmente se o objetivo for de fato aproveitar a praia.

Como resultado, a melhor época para visitar a Guarda do Embaú é durante os meses mais quentes do ano, os meses de verão: dezembro, janeiro e fevereiro. Só que essa também é a época da alta temporada e dos preços mais elevados, então espere multidões e praias lotadas.

preciso viajar

Para quem quer economizar um pouco e ainda pegar dias bons de praia, uma boa alternativa é visitar as praias na segunda quinzena de novembro ou logo após o carnaval. O mês de março, especialmente, costuma ter altas temperaturas e preços mais amigáveis.

Se o objetivo da viagem for o surf, em virtude da época da pesca da tainha, eu evitaria os meses entre maio e julho, pois durante esse período do ano é proibida a prática de esportes aquáticos.

Alta temporada

A altíssima temporada é entre natal e ano novo e também no carnaval. As praias lotam, os preços sobem consideravelmente e o trânsito na estrada é infernal.

Durante a alta temporada, espere lotação, preços inflacionados e muito barulho no centrinho. Nesse sentido, eu recomendo reservar sua hospedagem com bastante antecedência para evitar contratempos.

O que esperar da praia

A praia é belíssima, extensa, de areia branca e dependendo da época do ano tem muitas ondas, o que explica porque ela é tão frequentada por surfistas. Adianto também que a água do mar é gelada.

Sem dúvida, a Guarda é tão especial por dois motivos:

1 - O encontro do Rio da Madre com o mar, a faixa de areia branca e o verde da Mata Atlântica.

2 - O vilarejo hippie/alternativo/descolado com seu centrinho agitado. Ficando em um hotel próximo do centrinho você pode esquecer do carro e fazer tudo a pé.

praias do sul de santa catarina
Guarda do Embaú. Foto: Shutterstock Por Salty View

Aliás, falando em rio e mar, tem uma banda catarinense chamada Dazaranha que gosto muito e a minha música favorita deles (Vagabundo Confesso) tem o seguinte trecho:

"Já rodei o mundo
E nunca pude encontrar
Lugar melhor prum vagabundo
Que um rio à beira-mar.
Odoiá, odofiaba,
Salve minha mãe Iemanjá"

Essa música me faz viajar para a Guarda, mas aproveito para informar que a inspiração para essa música foi a praia de Lagoinha do Leste em Florianópolis.

O que fazer na Guarda do Embaú?

Praias

Uma vez na Guarda, curta o melhor que ela tem a oferecer: as praias. A praia mais popular e de mais fácil acesso é a praia que fica logo após a travessia do rio, a praia da Guarda.

Para chegar na praia eu sugiro pegar um dos barquinhos. Os barqueiros ficam esperando os turistas e depois que os barcos lotam eles fazem a pequena travessia até a praia (custa por volta de R$10,00 e trecho de ida e volta).

preciso viajar guarda do embaú
Dependendo do dia, a água fica bem clarinha. Parece Caribe. Foto: Shutterstock por Arthur Kolbetz

Embora os surfistas costumem ir nadando, eu só recomendo essa opção para quem sabe nadar muito bem, porque a correnteza é forte.

Uma única vez, quando a maré estava baixa, eu consegui eu consegui ir caminhando até a praia, mas na volta tive que pegar um barquinho. Dependendo do dia essa também pode ser uma opção.

A praia é extensa, a areia é branquinha e o mar é uma delícia (gelado, mas extremamente refrescante no verão). Mas devo alentar que o vento é um tanto quanto surreal. Recomendo levar óculos de sol para a areia não ficar entrando nos olhos.

Além da praia do rio, a Guarda também tem a Prainha. Essa é uma praia que pode ser acessada por uma trilha de mais ou menos uma hora de caminhada. Pergunte no centinho onde começa a trilha.

Trilhas

Pedra do Urubu

Contudo, na minha opinião, a coisa mais imperdível para se fazer na Guarda do Embaú é a trilha da Pedra do Urubu. Muita calma nessa hora, pois tem gente que só de ler a palavra 'trilha" já sente calafrios, mas essa é uma trilha tranquila, coisa de meia-hora de caminhada. Eu recomendo ir de tênis e não de chinelo.

É dessa trilha que você terá as melhores fotos da Guarda do Embaú: verá o encontro do rio com o mar, a Prainha e até mesmo a Praia de Garopaba. Já fiz essa trilha um pouco antes do pôr do sol e digo que foi um dos lugares mais lindos que já vi na vida.

guarda do embaú preciso viajar
Guarda do Embaú

Vale da Utopia

Essa é uma trilha que só indico para quem já tem bom condicionamento físico, pois é muito maior que a trilha da Pedra do Urubu podendo levar até 6 horas para ser percorrida.

O visual é incrível e durante o trajeto você verá a Prainha, Praia do Maço e piscinas naturais. Recomendo levar água, um lanche, boné, óculos de sol, protetor solar, celular ou câmera para tirar muitas fotos.

Centrinho

Ficando hospedado uns dias na Guarda, com toda certeza, você terá bastante tempo para explorar o centrinho. É lá que ficam os restaurantes, bares, mercadinhos, lojas de conveniência e todo o comércio da vila.

Apesar de ser um vilarejo com um centrinho tão compacto é possível encontrar comidas veganas, frutos do mar, PF (prato-feito) e até mesmo comida japonesa na Guarda do Embaú.

guarda do embaú
Frutos do Mar

Caso queira fazer passeios de bate-volta ou até mesmo conhecer outras praias do litoral, veja quais são as melhores praias do sul de Santa Catarina.

Onde se hospedar na Guarda do Embaú

Minha dica é ficar no centrinho para ter acesso a pé aos restaurantes e praia. Já fiquei algumas vezes na Pousada Vera Lucia (RESERVE AQUI), uma pousada simples, básica, mas com preços honestos. Também já fiquei na Pousada e Casas do Betão (RESERVE AQUI). Tudo muito simples, mas confortável.

Se o bolso permitir, fique na pousada do Paulo Zulu, a Pousada Zululand (RESERVE AQUI), Pousada Morada Flor da Terra (RESERVE AQUI) ou Pousada Villa Embaú (RESERVE AQUI).

guarda do embaú preciso viajar
Centrinho. Foto: Shutterstock por Maila Facchini

O que levar na mala

Apesar de pequeno, o centrinho é bem estruturado e há mercadinhos e lojas de conveniência, contudo os preços podem ser mais elevados que nas grandes cidades. Nesse sentido, recomendo levar o básico para uma viagem de praia: repelente, protetor solar, boné, óculos de sol, câmera fotográfica, 1 par de tênis para as trilhas, 1 par de chinelos, roupa de banho e roupas para o verão.

Para a mulherada: a Guarda não é chique, então não há necessidade de levar salto alto.

Outra coisa: não tem caixa eletrônico na Guarda, apenas na praia vizinha da Pinheira. Apesar do comércio aceitar cartão, recomendo levar um pouco de dinheiro em espécie para evitar contratempos.

preciso viajar

31 comentários
0

Artigos Relacionados

31 comentários

Aline Jesus 12 de julho de 2013 - 12:10

Adorei!! Muito bonita as fotos, Fernanda! Euque já conheci tudo que queria de litoral pelo Nordeste, falta agora Santa Catarina! Já favoritei o post da minha lista de desejo. =)

Reply
Fernanda 12 de julho de 2013 - 12:13

É outro estilo de beleza. Aqui as praias são mais selvagens e o mar tem onda e é geladoooooo. O Nordeste tem seu encanto também (eu particularmente prefiro o mar do jeito que ele é lá), mas a Guarda e todo o litoral sul de SC, só indo mesmo para perceber como é a vibe. Eu amo pelo menos.

Reply
Aline Jesus 12 de julho de 2013 - 12:25

Eu não curto onda, mas amo praia independente da cor da água e da beleza que atrai à primeira vista. Prefiro água morninha e calma, como algumas no Nordeste. Mas, se tiver onda eu também curto, desde que seja na beiradinha rs Difícil eu lembrar de uma praia que eu não tenha gostado por onde visitei. É muito amor por mar!

Reply
Fernanda 12 de julho de 2013 - 13:07

Você vai gostar da Guarda. A trilha que mencionei é linda!

Reply
Claudia 12 de julho de 2013 - 13:06

Nossa, conheci a Guarda em 1997, era adolescente e me apaixonei. Ainda amo, mas mesmo estando mais perto, vou com menos frequência para la. Achava legal o estilo roots do lugar. E minha fase surfete não passou. Acho que não passara nunca, alias.
Mas qto as ondas, acho marco um excelente mês. Ainda é calor, mas não tem aquele povo todo. E se não tiver swell, as ondas ficam beeem pequenas ‘as vezes.
bjs.

Reply
Fernanda 12 de julho de 2013 - 13:09

Era uma outra Guarda, né? Março é um ótimo mês mesmo (odeio muvuca), mas quero ver se vou antes, lá por outubro ou novembro para pegar sol mesmo.

Reply
Claudia 13 de julho de 2013 - 09:20

Sim, essa epoca tb eh otima, longe da alta temporada mas ja quente o suficiente para desfrutar da praia de biquini.

Reply
Rosângela 29 de janeiro de 2014 - 13:30

Alguem já esteve em Guarda do Embau no mes de maio? pretendo ir em maio de 2014 e gostaria de obter informações. Estou anciosa!
Beijos

Reply
Fernanda 29 de janeiro de 2014 - 19:52

Como é inverno, é bem vazio. Alguns restaurantes fecham, pousadas também.

Giovana 1 de setembro de 2013 - 12:09

Fernanda, vc tem o contato da Pousada Vera Lúcia? Já fiquei lá uma vez mas não tenho o contato. Se vc tiver, vc pode me passar? Obrigada desde já!

Reply
Fernanda 1 de setembro de 2013 - 21:39

Oi Giovana!

Você já ficou lá e sabe que o esquema é bem simples, né? Mas eu acho que vale a pena.

55 (48) 3283-1120 / (48) 3283-2024 / (48) 9915-6979
email: pousadaveralucia@hotmail.com

Reply
Antônio 9 de setembro de 2013 - 22:57

Bah, tive a 1ª vez lá em 2011 e neste findi voltei com uma turma. Todos sairam encantados. Vimos até baleias dando show, hahaha. O que mais curto é fazer a trilha, passando pelo Bar do Evori e seguindo adiante..encontramos várias piscinas naturais e até vaquinhas pastando!!! Ah, fico sempre na Pousada Maria Eduarda. Na baixa temporada, a diária custa 25 pilas. Antes do final do ano, estarei lá de novo.

Reply
Fernanda 10 de setembro de 2013 - 13:03

Ótimo saber dessa pousada. Obrigada!

Reply
Antônio 10 de setembro de 2013 - 13:12

Dona Maria é a proprietária. Uma queridona, tu vai gostar. Perto do centrinho, apesar de ser um local simples.

Reply
Fernanda 10 de setembro de 2013 - 13:17

Eu não ligo para luxo não. Sendo limpo, tá ótimo. E a Guarda é tão legal que ficar dentro do hotel ou pousada é o de menos.

Reply
Clarice 27 de dezembro de 2013 - 16:16

Olá,no mês de fevereiro – fora do período de Carnaval – dá pra descansar ou é só barulho?
Obrigada!

Reply
Fernanda 30 de dezembro de 2013 - 10:12

É alta temporada, mas acho que longe do carnaval não é tão barulhento assim.

Reply
Eliete 23 de outubro de 2014 - 15:41

Fernnanda, estou amando seu blog <3 e está me dando mais vontade ainda de viajar a vida inteira sem parar kkk eu conheci a Guarda do embaú e realmente é linda demais, dá até dor no coração de saudade de voltar kkk um beijooo Eliete 😉

Reply
Jorge Simoes 13 de fevereiro de 2015 - 15:54

Ai está… mais um destino nacional para a descoberta do gringo. Te envio fotos do que fizer. Bom carnaval Fer.

Abraço

Reply
Fernanda 13 de fevereiro de 2015 - 20:34

Vai para lá no carnaval?

Reply
Marcelle 6 de outubro de 2015 - 23:38

Fernanda, vou passar o reveillon em Guarda ou no Rosa com minha irmã. Nós temos 33 e 35 anos, ela é solteira e eu casada (mas marido não vai). Não surfamos, mas adoramos praias bonitas e de natureza, além de uma vila em que a gente possa comer e ver lojinhas à noite, sem ter que pegar o carro. O que é mais legal: Guarda ou Rosa? Qual diferença entre elas?
Se eu me hospedar no Rosa, consigo ir de carro até a Guarda para passar o dia? E vice-versa?
Obrigada

Reply
Fernanda 11 de outubro de 2015 - 17:55

Não é tão perto assim, mas até dá para ir da Guarda para o Rosa. O problema é o trânsito. Se vocês querem um lugar que possam ficar sem carro é a Guarda. No Rosa tudo é afastado, a não ser que a pousada de vocês fique bem no centrinho do Rosa.

Reply
Mariana 21 de novembro de 2015 - 09:45

Oi Fernanda….. Amo a Guarda… Um paraíso… Pensamos em ir no Carnaval pra lá … Sabe me dizer o que rola? Maracatu ??? É mto lotado ??

Reply
Fernanda 21 de novembro de 2015 - 10:03

É lotado sim!

Reply
Adriane 4 de janeiro de 2019 - 19:39

Estive nesse paraíso nesse réveillon 2019
Que lugar mágico
Apaixonante 😍
Minha filha de 9 anos não saia do mar , ao contrário dos comentários de 2013 as ondas nessa época de muito calor são muito pequenas , na verdade quase nem se vê muito.
Tanto que minha filha pode aproveitar os 4 dias .
E o rio madre nem se fala , tem uma temperatura de água para todos os gostos quentinha e gelada.
Não vejo a hora de voltar 😎😍

Reply
Ana Carolina 4 de novembro de 2020 - 09:20

Valeu pela dica, ainda não tinha ouvido falar de Guarda do Embau e agora já quero conhecer, a praia parece linda demais

Reply
Murilo Pagani 4 de novembro de 2020 - 18:15

Morro de vontade de conhecer a Guarda do Embaú!

Aliás, já tinha até um roteiro pelas praias de Santa Catarina prontinho, que começaria em abril, mas aí veio a pandemia.

Sem dúvida é um daqueles destinos que vale a pena ir com tempo para aproveitar o bom astral da região!

Adorei as dicas!

Obrigado!

Reply
Fernanda 4 de novembro de 2020 - 18:19

Vale super a pena. Quando as coisas melhorarem um pouco eu também farei um super roteiro pelas praias de Santa Catarina.

Reply
Marcela 5 de novembro de 2020 - 07:31

Nossa, eu tô doidinha pra conhecer o Litoral de Santa Catarina, e Guarda do Embaú parece ser incrível! Amei as dicas, obrigada

Reply
Fernanda Scafi 6 de novembro de 2020 - 14:23

Achei super curiosa a origem do nome “Guarda do Embaú”! Cada foto linda hein? Eu acho que ia preferir enfrentar a multidão na alta temporada no verão pq praia com mar gelado, pra mim não rola não rs.

Reply

Deixe um Comentário