Home Destinos InternacionaisEuropaPortugalAlgarve Motivos para conhecer o Algarve

Motivos para conhecer o Algarve

por Fernanda

Motivos para conhecer o Algarve não faltam. É só olhar qualquer foto na internet e já dá uma vontade louca de entrar no primeiro avião. Foi por causa de uma foto da Praia de Dona Ana que planejei minha viagem para o Algarve. O que posso dizer é o seguinte: pensa em um lugar incrível. Pensou? Esse lugar é o Algarve. Se mesmo assim você ainda não se convenceu que ele merece entrar na sua lista de destino, listo aqui 7 motivos para conhecer a linda região do Algarve.

7 Motivos para conhecer o Algarve

1) Não existe barreira da língua

Para quem não fala outras línguas e tem medo de viajar para o exterior, curtir férias no Algarve é uma ótima opção já que não há a barreira da língua. Embora haja a diferença de sotaques e diferenças em algumas palavras/expressões todos falamos a língua portuguesa.

2) Deliciosa comida portuguesa

Nem só de bacalhau (maravilhoso, por sinal) vive a culinária portuguesa. A culinária do Algarve tem como prato típico a cataplana de frutos do mar (uma espécie de paella portuguesa). Obviamente os frutos do mar (mariscos, ostras, mexilhões e etc.) também dominam os cardápios dos restaurantes, além do tradicional bacalhau e as sardinhas na brasa. É tudo muito simples e temperado com muito azeite de oliva. A comida portuguesa é realmente maravilhosa.

E o melhor de tudo isso é que os preços são super acessíveis. Encontrei sardinhas na brasa em diversas praias por €7 e o bacalhau mais caro que comi custou €14. Vira e mexe fazia um lanche (café + pastel de nata) por incríveis €1,5.

Os preços do Algarve acompanham os preços das demais regiões de Portugal, mesmo sendo uma área super turística.

motivos para conhecer o algarve

Bacalhau e sardinha

3) Preços baratos para a média da Europa

Mesmo o Algarve sendo o lugar mais turístico de Portugal é possível encontrar ótimos hotéis no Algarve na média de €100 (alta temporada) e por muito menos se a hospedagem for em lugares mais simples. E na baixa temporada os preços podem cair pela metade.

São preços impensáveis em outras regiões de praias badaladas da Europa. E, como já disse ali em cima, come-se muito bem no Algarve por preços muito justos (até menores do que no Brasil).

4) O sol brilha 300 dias por ano

Está em busca do sol? Então o Algarve é o lugar ideal para você. O sol brilha mais de 300 dias por ano. A região é de fato abençoada e com pouca pluviosidade.

5) Inverno ameno

Não é à toa que milhares de europeus buscam refúgio no Algarve durante o inverno já que as temperaturas são super amenas para o padrão europeu. Temperaturas na faixa de 12 a 15 graus em pleno inverno (e com muito sol) é quase verão nos países nórdicos.

É óbvio que a melhor época para visitar o Algarve é durante os meses mais quentes (maio a setembro) para de fato aproveitar as praias, mas viajar para lá no outono e inverno também não é o fim do mundo, já que ele apresenta temperaturas suportáveis (sou de Curitiba e 15 graus com sol é minha temperatura preferida para passeios). E com sol tudo é possível. Sol é vida!

6) Conhecer um pouco mais da História de Portugal

Nem só de belas praias vive o Algarve. Há 3 mil anos os fenícios chegaram na região e estabeleceram postos comerciais. Depois foi a vez dos cartaginenses  e dos romanos.

Mas foi com a chegada dos mouros que a região realmente se transformou. Eles ficaram mais de 500 anos no Algarve e é por isso que grande parte dos nomes leva o “al” no início. Um dos grandes legados dos mouros é a casa de telhado plano, que era utilizada para secar milho e amêndoas. Com a chegada dos cristãos quase tudo foi destruído.

O Algarve era uma região muito rica, por isso despertou tantas batalhas. Foi só na primeira metade do século 13 que o Algarve retornou para a mão dos portugueses.

O apogeu do Algarve se deu no século 15 quando Dom Henrique fez de Sagres a base para sua escola de navegação. Durante o período das Grandes Navegações o Algarve serviu como base para expedições portuguesas para a África e Ásia.

Um pouco dessa história pode ser vista nos museus, igrejas, castelos e muralhas medievais.

7) Praias Paradisíacas

Não poderia deixar de mencionar as praias (e que praias!). As praias paradisíacas do Algarve são capazes de deixar qualquer um de queixo caído. Um contraste incrível de cores: do dourado das falésias e da areia ao verde da mata e os vários tons de azul e verde do mar. É o tipo de lugar que não precisa de filtro. Foi um dos lugares de praia mais lindos que já vi no mundo.

motivos para conhecer o algarve

 

motivos para conhecer o algarve

 

motivos para conhecer o algarve

Gostou desses motivos para conhecer o Algarve? Ficou com vontade de conhecer? Eu acabei de voltar, mas já quero ir de novo.

Continue planejando sua viagem pelo Algarve

Veja como alugar carro no Algarve

Roteiro 4 dias no Algarve

Qual a melhor época para viajar para o Algarve

Artigos Relacionados

8 comentários

JORGE FILIPE BORDALO SIMOES 10 de outubro de 2016 - 09:28

Fernanda, muito obrigado por elogiar de forma eloquentemente o meu Algarve 🙂 🙂 🙂

Impressionado pela questao de conhecer a historia das palavras comecadas por AL no idioma Luso-Brasileiro derivadas da influencia arabe na peninsula iberica.

E de fato na arquitetura portuguesa, a diferenca das casas brancas nas paisagens alentejanas e algarvias foi uma mudanca consideravel apos a introducao da telha de barro pelos Romanos.

Um bem haja !

Reply
Fernanda 10 de outubro de 2016 - 09:32

O Algarve é incrível. Eu amei conhecer melhor a região.
Sim, isso do “al” eu tinha aprendido quando fui para Alhambra na Espanha. Aqui no Brasil não tivemos essa influência. Por isso amo tanto viajar. Vamos aprendendo história “ao vivo”.

Reply
Adriane 24 de outubro de 2016 - 23:40

Oi Nanda! Acha que abril é uma época boa para conhecer o Algarve ou melhor esperar o verão?

Reply
Fernanda 25 de outubro de 2016 - 20:34

Abril já está começando a esquentar, mas ainda acho que não “dá praia”. Eu iria em maio, junho ou setembro para aproveitar o calor e não pegar o auge da alta temporada.

Reply
JORGE FILIPE BORDALO SIMOES 26 de outubro de 2016 - 11:19

Nao querendo desconsiderar a opiniao da Fernanda, a epoca balnear para Portugues no Algarve comeca em Abril. O unico senao poderao ser as chuvas e ventos que ocorrem esporadicamente, em termos de temperatura e sol torna-se agradavel. Maio por todo o pais as praias comecam a receber os seus primeiros curiosos.

Abraco

Reply
Fernanda 26 de outubro de 2016 - 22:19

Eu acho que abril ainda é meio frio para pegar praia na Europa (considerando o padrão brasileiro, é claro). Mas certamente é uma época muito mais barata.

Reply
Larissa 2 de janeiro de 2017 - 16:55

Olá Fernanda, estou adorando as dicas. Quantos dias você recomenda para ficar nesta região? Você saiu de onde para chegar até Algarve? Muito obrigada! Sucesso e um 2017 maravilhoso!

Reply
Fernanda 2 de janeiro de 2017 - 20:11

Oi, Larissa!

Eu fiquei 4, mas queria ter ficado um pouco mais (7 dias pelo menos). Voei de Paris para Faro, depois de Faro para o Porto e depois fui de ônibus para Lisboa.
Aqui você encontra o meu roteiro do Algarve. http://precisoviajar.com/2016/11/roteiro-4-dias-no-algarve.html

Reply

Deixe um Comentário