Home Destinos InternacionaisOceaniaAustrália Tirando o visto australiano com o passaporte italiano

Tirando o visto australiano com o passaporte italiano

por Fernanda

Já falei diversas vezes aqui no blog das vantagens de possuir um passaporte europeu. Estive na Austrália em maio/2017 e tirei o visto australiano com o passaporte italiano. O processo é todo eletrônico, o visto é concedido pouco tempo depois da aplicação e é um processo muito menos burocrático que tirar o visto de turismo com o passaporte brasileiro. Em tempo: eu já morei na Austrália com o Working Holiday Visa, um visto que permite que jovens entre 18 e 30 anos dos países signatários morem e trabalhem na Austrália por até 12 meses. Caso se interesse por esse tipo de visto, confira as informações aqui nesse post – Working Holiday Visa Austrália.

Como tirar o visto australiano com o passaporte italiano – procedimentos

Já começo dizendo que o site do governo australiano (departamento de imigração e fronteiras) é excelente. Na dúvida, consulte o site oficial. https://www.border.gov.au/Trav/Visa-1/651-

Existem vários tipos de vistos, mas o visto de turismo para italianos enquadra-se na categoria eVisitor, subclass 651.

Antes de aplicar para o visto australiano com o passaporte italiano

O eVisitor fica linkado ao número do passaporte utilizado na aplicação do visto. Ou seja, você deve usar o mesmo passaporte para entrar na Austrália.

Se, por ventura, você fizer um novo passaporte antes da viagem, deverá atualizar os dados do novo passaporte na sua “ImmiAccount”, a conta do site do governo australiano.

Custo do eVisitor

Não há custo.

Quem pode solicitar o eVisitor

Pessoas que podem solicitar o eVisitor:

  • que pretendem visitar a Austrália temporariamente e para fins de turismo ou negócios
  • que estão fora da Austrália
  • que são portadoras de um passaporte elegível ao eVisitor
  • que não têm tuberculose
  • que não foram condenadas por uma ofensa ou ofensas para as quais a sentença total é superior a 12 meses (seja ou não a sentença cumprida).

Passaportes elegíveis ao eVisitor

Além da Itália, portadores de passaportes dos seguintes países podem aplicar para o eVisitor:


Não fique desprotegido durante as férias na Austrália!
Contrate o seguro viagem e ainda ganhe até 10% de desconto.
 
 

Andorra, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mônaco, Países Baixos, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, República de San Marino, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e Vaticano.

Requisitos de Saúde

O visto pode ser negado se você tiver tuberculose. O site do governo australiano também deixa claro que o aplicante é responsável por todos os custos relacionados à saúde enquanto estiver na Austrália. Há um acordo recíproco de saúde entre Austrália e Itália que cobre emergências médicas, mas o próprio site do governo australiano recomenda que você contrate um seguro viagem.

Como aplicar para o eVisitor

Acesse o seguinte site: https://online.immi.gov.au/lusc/login

Se nunca tiver aplicado para um visto, crie em “create ImmiAccount”.

Depois de preencher os dados para criar a conta, vá para “application for an eVisitor”.

O formulário é todo em inglês, mas alguns pontos merecem atenção:

1 – Campos “country of birth” e “country of residence”: se você nasceu e mora no Brasil preencha essas informações com “Brazil”.

2 – Campo “passport details”. País do passaporte e nacionalidade do passaporte devem ser “Itália” (ou o outro país europeu que você tem cidadania).

3 – Campo “if you hold citizenship of any countries other than the country listed in your passport, provide details”. Selecione Brasil se você também tem um passaporte brasileiro.

4 – Campo “Are you currently, or have you ever been, known by any other names? Caso o sobrenome do seu passaporte italiano seja divergente do passaporte brasileiro marque “yes” nessa opção e escreva qual o sobrenome que está no passaporte brasileiro. Essa divergência de sobrenomes é muito comum nos passaportes italianos principalmente com as mulheres casadas.

5 – Preencha corretamente o seu email, porque o visto vem por email.

Leia mais sobre a Austrália

Roteiro 14 dias na Austrália

Onde ficar em Sydney

Restaurante brasileiro em Sydney

Onde ficar em Melbourne

Tax free na Austrália: veja como funciona o reembolso

 

64 comentários
0

Artigos Relacionados

64 comentários

raquel 28 de janeiro de 2018 - 19:39

fernanda, apliquei o evisitor me cobraram 140 aud, pq será?

Reply
Fernanda 28 de janeiro de 2018 - 20:52

O eVisitor 651 é gratuito (acabei de verificar no site da imigração australiana para ver se algo tinha mudado). Você tirou esse ou o working holiday visa?

Reply
Rodrigo Garcia 4 de fevereiro de 2018 - 20:25

Oi, Fernanda! Com Passaporte italiano eu consigo um visto de residência permanente na Austrália?

Reply
Rodrigo Garcia 4 de fevereiro de 2018 - 20:27

Esqueci de mencionar: Tenho 36 anos.

Reply
Fernanda 4 de fevereiro de 2018 - 22:35

Oi, Rodrigo. Não consegue.

Reply
Eder 13 de fevereiro de 2018 - 09:59

Oi Fernanda, bom dia!
Graças ao seu site, consegui emitir o visto sem pagar, pois também tenho cidadania italiana. Me diz uma coisa. Comprei uma passagem única saindo de Brasília, com escala em Guarulhos e Santiago antes de chegar em Sydney. Eu coloco o meu número e dados do passaporte brasileiro e lá apresento o passaporte italiano? Como faço?
Eu sempre tenho dúvida em relação a isso…

Reply
Fernanda 13 de fevereiro de 2018 - 15:04

Eu coloquei os dados do passaporte italiano já que o visto estava vinculado a ele. Apresentei no check-in o passaporte italiano, depois na PF apresentei o brasileiro. Guardei o brasileiro e só apresentei novamente quando voltei para o Brasil (na PF). Lá na Austrália só utilizei o passaporte italiano (todos os voos domésticos e inclusive para ir para Fiji).

Reply
Eder 14 de fevereiro de 2018 - 20:40

O problema é o sobrenome. No caso da minha esposa, ela tem um com o brasileiro é outro com o italiano. Creio que posso colocar o brasileiro é lá na entrada da imigração da Austrália apresentamos o italiano. Eu imagino que seja assim, semelhante ao processo de imigração do americano. A minha preocupação foi quando vc comentou que as cias aéreas já tem interface com o sistema de imigração, pois iremos pegar o voo com a qantas, em Santiago, cia aérea da Austrália.

Reply
Fernanda 14 de fevereiro de 2018 - 21:43

Minha mãe tem o mesmo problema (sobrenomes completamente diferentes nos 2 passaportes) e eu emiti a passagem dela com o nome do passaporte italiano. Aqui no Brasil, pelo menos em Guarulhos, passamos pela PF nas máquinas, então não foi preciso apresentar bilhete de embarque. Fomos no ano passado para a Austrália e deu tudo certo. Outra coisa que fiz foi traduzir com um tradutor juramentado a certidão de casamento dela que comprovava a a mudança de sobrenome quando ela casou. Fiz isso porque o comprovante da vacina da febre amarela estava no nome brasileiro. Eles não chegaram a pedir o comprovante lá na Austrália, mas eu achei melhor levar a tradução da certidão mesmo assim.

Reply
Claudemir 26 de fevereiro de 2018 - 09:05

Ola, tudo bem? tenho passaporte Italiano e irei pra Australia em Abril, quando logo na conta escolho o E visitor 651?

Ja estive na Australia em 2019 com passaporte Italiano, mas ja deve ter vencido ja se passou de 2 anos.

Grato,

Claudemir

Reply
Claudemir 26 de fevereiro de 2018 - 09:13

Ops, estive em 2016 a turismo, e agora a Turismo novamente, 12 dias….

Reply
Fernanda 26 de fevereiro de 2018 - 21:11

Sim. Terá que tirar outro.

Reply
Carlos 26 de fevereiro de 2018 - 21:36

Oi Fernando, tudo bem?
É o mesmo procedimento para aplicar e ficar 01 ano na Austrália? Tenho passaporte Italiano e gostaria de ir para a Austrália ficar 01 ano e tentar achar um emprego que me permita viver lá. Pesquisei bastante e verifiquei que o passaporte italiano possibilita ficar 01 ano apenas trabalhando, sem cursos. Saberia me dizer se estou correto?

Reply
Fernanda 26 de fevereiro de 2018 - 22:19

Não é o mesmo procedimento. O visto de 1 ano tem outras regras. Veja nesse post http://precisoviajar.com/working-holiday-visa-australia/

Reply
ROBERTO 9 de março de 2018 - 17:28

Boa tarde! Qual o tempo maximo que posso ficar estudando na Australia com o evisitor 651? A vacina da febre amarela e obrigatoria para entrar no pais? Obrigado

Reply
Fernanda 18 de março de 2018 - 22:03

O site oficial diz “study in Australia for up to three months in some circumstances”. Até 3 meses em certas circunstâncias. Em teoria, eles não exigem o comprovante da vacina de febre amarela para europeus. No meu caso, o oficial viu que eu também era brasileira e me pediu o comprovante da vacina. Melhor levar.

Reply
ROBERTO 9 de março de 2018 - 18:22

Boa tarde! Tenho nacionalidade espanhola e gostaria de estudar por tres meses na Australia. Vc saberia me dizer qual visto devo tirar? Sao tantas opcoes de visto…

Reply
TULIO CICERO ROHRIG BONILLA 4 de abril de 2018 - 12:25

Fernanda, para tirar o visto com passaporte italiano com finalidade de estudo, o processo é o mesmo? Uma agência de viagens me disse que o tempo e a burocracia é a mesma que brasileiros, fiquei na duvida.

Reply
Lilian 4 de abril de 2018 - 12:55

Ola Fernanda,

Fiquei ilegal na Australia com meu passaporte brasileiro e agora quero voltar com o italiano para o Work holiday visa.
Vc acha q terei problemas?

Reply
MARCELLA TELES 6 de abril de 2018 - 16:47

Fernanda, boa tarde!!

Meu cliente é italiano com viagem marcada de Julho a Agosto e o passaporte italiano vence em Dezembro, logo, são quase 120 dias para vencer o documento.
Tem algum problema??
Obrigada

Reply
Yasmin 2 de abril de 2019 - 20:34

Eu também tenho a mesma dúvida

Reply
fernando 28 de abril de 2018 - 10:12

ola! quanto tempo demorou pra vc receber por mail a confirmação do seu visto com o passaporte europeu?

Reply
Fernanda 28 de abril de 2018 - 14:37

Olá! Recebi pouco tempo depois, no mesmo dia do pedido.

Reply
Tiago 29 de abril de 2018 - 17:10

Fernanda, qual é o tempo máximo de visto para turismo na Austrália?

Reply
Fernanda 29 de abril de 2018 - 19:16

O visto tem validade de 1 ano, mas cada entrada pode ter permanência máxima de 3 meses. Leia no site do governo australiano. https://www.homeaffairs.gov.au/Trav/Visa-1/651-

Reply
Darley Couto 10 de maio de 2018 - 15:25

Oi Fernanda, meu filho tem passaporte italiano e ano passado (março 17) ele saiu de Dublin pra passar uma temporada na Australia. Com este visto (W&H) não teve problema algum. Trabalhou por lá e decidiu ficar mais um ano. Para isto teve que trabalhar 3 meses em uma fazenda de bananas no norte da Austrália. Cumpriu esta exigência até 15 de janeiro e foi fazer turismo fora da Australia. Neste momento está em Los Angeles, com retorno marcado para Sydney amanhã (11/05/17). Porém, a renovação do visto ainda não saiu. Ele fez tudo via internet, registrou todas as exigências. Inclusive conseguiu falar com uma pessoa do visa lá em Sydney. Ele está preocupado. Você saberia me dizer se este procedimento demora assim mesmo? Ou teria acontecido algum problema.
Muito grato por qq ajuda.
Darley

Reply
Fernanda 10 de maio de 2018 - 19:27

Olá! Posso falar da minha experiência apenas: o meu visto de turismo saiu algumas horas depois da aplicação.

Reply
Valéria 5 de julho de 2018 - 14:58

Fernanda, seu post realmente me ajudou demais! Obrigada.
O visto vem em anexo via email? Pois recebi dois e-mails do site do governo australiano, mas não se o que contem em um deles é o visto.

Reply
Fernanda 5 de julho de 2018 - 20:22

Oi, Valéria! O visto é eletrônico. No e-mail vem um arquivo e estará escrito “Notification of grant of a E-visitor (class TV) eVisitor (subclass 651) visa”.

Reply
MARIAH 29 de julho de 2018 - 16:51

Olá Fernanda, gratidão pelas informações!! solicitei o visto de turista australiano com meu passaporte italiano. E dois dias depois recebi um email do governo pedindo mais informações e preenchimento de formulários, para ser respondido em 7 dias. Isso aconteceu com você? Tem alguma informação sobre isso?

Reply
Fernanda 29 de julho de 2018 - 18:23

Oi!Não aconteceu. O meu visto veio poucas horas depois.

Reply
Gian 5 de agosto de 2018 - 18:21

Olá Fernanda! Estou indo para a Austrália em setembro com o WHV para ficar um ano. Depois desse período, caso eu queira aplicar esse eVisitor, ele me permite ficar por apenas 3 meses?? Isso que nao entendi direito ainda. Muito obrigado e muito bom seu post!!!

Reply
Alessandra Veiga 24 de agosto de 2018 - 20:06

Oi Fernanda. Atualmente moro na AUS, pelo WH. O mesmo acaba em setembro e eu pretendo viajar pela Ásia depois disso. Porém, gostaria de voltar para Sydney para pegar minhas malas e ir para o Brasil. Minhas dúvidas são: acha viável a aceitação do meu visto de turista quando eu moro aqui? Precisa ter acabado meu WH e eu estar fora do país, na Ásia, no caso, pra aplicar? Eu preciso de passagem de entrada ou/e saída da AUS pra aplicar? Obrigada, seu post foi muito útil.

Reply
THAÍS 4 de outubro de 2018 - 01:58

Oi Fernanda!
Fiz uma pesquisa rápida sobre o assunto e vi que aqui no seu post parece ter todas as informações que preciso para tirar o visto de turismo. Muito obrigada!!
Mas me tira uma dúvida… Estou planejando uma viagem pra Australia em fevereiro de 2019. Tirei meu passaporte italiano em Julho deste ano, porém o meu brasileiro vai vencer em Maio de 2019. Você acha que preciso solicitar um novo passaporte brasileiro? Ou só com o italiano da pra ir?
Como é visto apenas para turimo, não tem nenhum custo?

Reply
Fernanda 9 de outubro de 2018 - 08:49

Qualquer coisa dá para apresentar o RG aqui na saída do Brasil (eu já fiz isso). Você apresenta o passaporte italiano e o RG para deixar claro que tem dupla cidadania. E o visto de turismo australiano para quem tem passaporte italiano é grátis sim.

Reply
Carlos 11 de novembro de 2018 - 22:53

Oi Fernanda, tudo bem?
Meu nome é Carlos,
Eu e minha esposa temos a cidadania Italiana e já compramos as passagens para ir a Sydney, Austrália em 26/02/2019.
Precisamos tirar o vista australiano como turista, como proceder?

Reply
Fernanda 11 de novembro de 2018 - 22:57

Carlos, você deve seguir as instruções do item “Como aplicar para o eVisitor” deste post.

Reply
Carlos 23 de dezembro de 2018 - 22:00

Dear Carlos Joao DOTTA
We have granted you a eVisitor (subclass 651) visa on 19 December 2018.
Application status
eVisitor (subclass 651): Granted
Visa conditions
8115 – Business visitor activity
8201 – Maximum three months study
8527 – Tuberculosis free
8528 – No criminal convictions
An explanation of each condition of this eVisitor (subclass 651) visa is provided below.
You can check these conditions at any time by using the Visa Entitlement Verification Online
(VEVO) service. The four-digit number presented next to each condition above is used in
VEVO to identify each condition that applies to this eVisitor (subclass 651) visa.
Visa duration and travel
Date of grant 19 December 2018
Must not arrive after 19 December 2019
Length of stay 3 month(s) from the date of each arrival
Travel Multiple entries
Oi Fernanda!
Esse já é o visto para ir à Austrália?

Reply
Fernanda 24 de dezembro de 2018 - 17:53

É sim. É tudo eletrônico.

Reply
Carlos 24 de dezembro de 2018 - 18:18

OK Fernanda, muito obrigado!

Reply
amanda 26 de dezembro de 2018 - 14:24

Ola Fernanda 🙂
Parabéns pela materia, muito boa e informativa! Eu tenho passaporte italiano e estou indo em Janeiro para Australia. Este visto começa a contar a partir da data de chegada ou do dia que for aprovado? E gostaria de saber se te pediram ou se é comum pedirem os exames médicos neste tipo de Visto?
É solicitado muitos documentos, como no de estudante? Carta da empresa, comprovante financeiros, etc?
Te agradeço a ajuda!
Muito obrigada! 🙂

Reply
Fernanda 28 de dezembro de 2018 - 21:08

Começa a contar do dia que você chega lá, mas tem uma data máxima para entrar na Austrália a partir da emissão do visto. Não me pediram nenhum exame, mas pediram para alguns leitores aqui do blog.

Reply
Paula 15 de janeiro de 2019 - 13:17

Boa tarde. Gostei muito deste post. Ajudou muito. O meu visto veio em minutos. O da minha mãe, por ter sobrenome de solteira no passaporte italiano, consta como incompleto. Fiz como vc orientou. Solicitação com dados do passaporte italiano, e depois completei sobrenome de casada na área “ser conhecida por outro nome”. Você sabe se vão me mandar e-mail pedindo algum documento, pra “completar” a solicitação “incompleta”? Desde já, agradeço pela boa vontade de ajudar aos outros com o seu blog.

Reply
Fernanda 15 de janeiro de 2019 - 22:04

Paula, você já verificou novamente o pedido? O meu último ESTA não aprovou na hora. Entrei um tempo depois e estava aprovado e não me pediram mais nada.

Reply
Lucilene Leschmann 25 de janeiro de 2019 - 11:38

Olá Fernanda,
Excelente seu trabalho. Muito nos Auxilia.
Não consegui encontrar nada sobre…. o Passaporte Italiano tem que ter uma validade minima para viajar a Austrália ? Vou aplicar o e-visitor , pois minha permanência será de 15 dias. Meu passaporte tem validade inferior aos 06 meses. Tens informação sobre ? Muito obrigada

Reply
Jossandra 19 de fevereiro de 2019 - 16:25

Ola….meu esposo e europeu. Somos casados….. mas o meu ainda nao esta pronto. No meu caso aplico normalmente ? O visto?

Reply
Fernanda 20 de fevereiro de 2019 - 18:08

Se você ainda não tem o passaporte europeu não poderá solicitar o visto com as informações desse post. Poderá esperar ficar pronto e fazer a solicitação ou então solicitar visto com o passaporte brasileiro (o processo é diferente).

Reply
Vinícius 14 de abril de 2019 - 13:58

Olá Fernanda, obrigado pelas informações!!
É necessário emitir bilhetes de volta com Evistor? Moro em Dublin e tenho passaporte italiano.
Muito obrigado

Reply
Isadora 9 de maio de 2019 - 23:06

Oi Fernanda, muito bom ter encontrado esse post. Submeti a aplicação pro visto, agora só espero próximas instruções? Pois tem uma parte para anexar documentos, fui ver instruções e fala sobre traduzir documentos. Vou precisar traduzir algo?

Obrigada.

Reply
Fernanda 10 de maio de 2019 - 07:43

Olá! Eu não precisei traduzir nada.

Reply
Isadora Bet da Rosa Orssatto 10 de maio de 2019 - 17:05

É, acho que tava confundindo umas informações. Mas outra coisinha. Eu fui seguindo o que mandava e em nenhum momento pedia pra anexar documentos. Perguntou se queria submeter, eu falei que sim, achei que em algum outro momento eles iriam pedir isso. Agora tá “application status: finalised”. E to achando que ferrei a parada toda. 😮

Reply
Fernanda 10 de maio de 2019 - 17:58

Se o status tá finalizado você tem que dar uma olhada se o visto foi concedido. “Notification of grant of a E-visitor”.

Reply
Isadora 10 de maio de 2019 - 18:02

Então, tem um doc escrito Granted, mas xeenti, eu fiz de madrugada e recebi minutos depois. Sem adicionar nenhum documento digitalizado. É isso mesmo? Quando é muito fácil a gente desconfia né.

Reply
Fernanda 11 de maio de 2019 - 10:53

Sim, o meu eu recebi uns 10 minutos depois e não anexei documento nenhum. É simplificado mesmo o processo.

Reply
Fabio 12 de maio de 2019 - 11:20

Olá Fernanda. Este visto pode ser solicitado para filhos menores de idade tb? Estamos indo eu e minha filha de 10 anos

Reply
Fernanda 9 de junho de 2019 - 22:32

Sim, aí tem que solicitar com o número do passaporte da sua filha. Um visto para você com o seu passaporte e outro para ela com o passaporte dela.

Reply
Rafael 27 de maio de 2019 - 19:10

Boa noite, apliquei um evisitor 651, já passou 7 meses e eu ainda não fui, pretendo ir agora e ficar 3 meses, após, irei para a Tailândia e pretendo retornar por mais 3 meses, deste modo irá ultrapassar a validade do visto, posso reaplicar agora sem mesmo ter entrado na Australia? ou reaplico qdo estiver la na Australia? Se eu tentar reaplicar antes do vencimento, pode acontecer de cancelarem meu visto já concedido?
Grato

Reply
Carlos 4 de agosto de 2019 - 21:31

Olá Fernanda, tudo bem
Primeiramente parabéns pela página, ela me ajudou muito na definição da minha ida para a Austrália.
Estou com uma dúvida e gostaria de saber se por um acaso tu saberia a resposta, pois não achei. Estou indo com o visa 417, porém, somente posso trabalhar 6 meses em cada empregador. Se durante esse período o próprio empregador quiser extender o prazo, eu consigo ‘cancelar’ o visto e o empregador estender meu período de trabalho? Sou da área de TI e vejo que tem bastante vagas em Sydney, mas 6 meses é realmente um período limitado. O que na tua opinião seria o melhor a fazer? Obrigado! 🙂

Reply
Fernanda 4 de agosto de 2019 - 21:37

Olá, Carlos! Sim, tem bastante oportunidade de TI na Austrália. O “working holiday” é um visto bem limitado. Acredito que você teria que trocar de visto mesmo e o empregador teria que entrar com o processo de visto “sponsor”. O ideal é pesquisar na página oficial de imigração da Austrália. Ela é bem completa.

Reply
carlos 4 de agosto de 2019 - 21:55

Ah sim, muito obrigado Fernanda, vou dar uma olhada! 😀

Reply
Silvana 26 de agosto de 2019 - 12:58

Fernanda….obrigada pelas informações. Foram muito úteis. Minha filha de 17 anos irá pra Austrália sozinha pra estudar 45 dias – intercambio de inglês. Irá com o passaporte italiano. Fiz o visto e-visitor 651 e veio aprovado em minutos. Minha dúvida é: ela precisa levar alguma comprovação de que não tem tuberculose? Pois esta é uma das condições de entrada com este visto.

Reply
Fernanda 26 de agosto de 2019 - 21:22

No meu caso eu não precisei apresentar nada. Só pediram o comprovante da vacina de febre amarela no aeroporto.

Reply
Juliana 2 de setembro de 2019 - 20:29

Olá Fernanda! Obrigada pelas informações! Foram muito úteis! Irei para Sydney em Dezembro. Meu namorado está lá. Ainda não sei bem qual visto tirar. Acho que ficarei por uns 2 meses e estou pensando em usar o passaporte italiano (tenho dupla cidadania) com visto de turismo, este que indicas. Pelo que entendi não posso trabalhar. Sabes se posso estudar? O ideal é fazer a inscrição direto com uma escola por lá? Agradeço!

Reply
Ricardo Sandri 29 de abril de 2020 - 01:30

Parabéns pelo artigo, fiz a inscrição, assim que a covid-19 passar farei meu visto de turismo para conhecer por lá

Reply

Deixe um Comentário