Home Destinos InternacionaisEuropaInglaterraLondres É bom saber antes de viajar para Londres

É bom saber antes de viajar para Londres

por Fernanda

Londres é a minha cidade preferida no mundo todo e eu recomendo a visita para todos. É uma cidade fascinante, cheia de história e com atrações para todos os gostos. Se você está com viagem marcada para lá, veja tudo que é bom saber antes de viajar para Londres.

Dicas úteis antes de viajar para Londres

Brasileiros precisam de visto de turismo para viajar para Londres?

Brasileiros não precisam de visto de turismo para viagens com duração de até 6 meses. A entrada é concedida na hora por um agente de imigração. A entrada por Londres é considerada uma das mais “difíceis” da Europa, portanto leve toda a documentação necessária para não ter problemas na entrada.

Cidadãos da União Europeia têm, pelo menos por enquanto (ainda não se sabe quais serão os efeitos do Brexit), livre acesso ao Reino Unido e podem permanecer por tempo indeterminado. Há uma fila especial na imigração para cidadãos do Reino Unido e União Europeia.

As companhias British Airways e Latam têm voos diretos para Londres. Os voos que chegam do Brasil normalmente param no aeroporto Heathrow. Veja como ir do Heathrow ao centro de Londres.

Qual moeda levar para Londres?

A moeda do Reino Unido é a libra esterlina. Eu prefiro comprar libras aqui no Brasil e levar para lá para não perder duas vezes na conversão (comprando dólar e/ou euro e depois trocando dólar e/ou euro para libra, por exemplo).

viajar para londres

Libra esterlina. Foto: Shutterstock

Quanto custa viajar para Londres?

Não adianta tentar argumentar. Infelizmente Londres é uma cidade cara. Os principais itens que encarecem uma viagem para Londres são acomodação e transporte público. Para nossa sorte, muitas atrações são gratuitas em Londres (veja 85 atrações grátis em Londres).

Para viajantes bem econômicos é possível gastar £50 a 70/dia, ficando em hostels (albergues) em quartos compartilhados e comendo sanduíches do supermercado.

Com um pouco mais de conforto é possível gastar £100/dia (principalmente se estiver acompanhado e tiver alguém para dividir o quarto de hotel, por exemplo).

Já para quem quer uma viagem realmente boa, se hospedar em um hotel legal e comer em restaurantes legais, espere gastar por volta de £180 a £200/dia.

Qual a melhor época para viajar para Londres?

Os meses mais movimentados e de alta temporada em Londres são os meses de verão. Os dias são mais longos (anoitece às 22h) e muitos festivais acontecem na cidade. A cidade fica lotada e os preços obviamente sobem.

A média temporada é durante os meses de primavera e outono (abril e maio, setembro e outubro). Os parques ficam super coloridos. Eu adoro viajar para a Europa durante a primavera e outono. Os preços não são tão altos e a temperatura ainda é relativamente agradável.

Já a baixa temporada é no inverno. Os dias são bem mais curtos (16h30 já é noite) e o frio pode realmente atrapalhar os passeios.

O que eu digo é: se tiver a oportunidade de conhecer Londres, conheça! Não interessa a época. Londres é uma cidade incrível e com atrações para agradar todo mundo. Já diria Samuel Johnson:  “O homem que se cansa de Londres, se cansa da vida”.

Natal em Londres

Uma coisa que é super importante levar em consideração se você está pensando em passar o natal em Londres é que o transporte público não funciona no dia de natal: 25 de dezembro. Quando fui para Londres pela primeira vez era natal e tive que concentrar meu roteiro do dia 25/12 em atrações próximas ao hotel onde eu estava hospedada. No dia 26 de manhã o transporte volta a funcionar, mas com serviço reduzido.

Se você estiver pensando em fazer compras de natal espere o Boxing Day no dia 26/12. As lojas fazem boas promoções.

O que é bom levar na mala

É realmente essencial levar um adaptador universal, porque as tomadas em Londres possuem três pinos regulares. Se não encontrar no Brasil coloque na lista para comprar assim que desembarcar. Caso contrário, ficará com todos os eletrônicos descarregados.

viajar para londres

Tomadas de Londres. Foto: Shutterstock

Também acho que nunca é demais levar um guarda-chuva e um casaco (mesmo que vá no verão). O clima em Londres é realmente louco e não é brincadeira quando falam que em um dia é possível sentir as quatro estações do ano.

Como Londres é enorme e exige bastante caminhada, também recomendo calçados confortáveis.

É seguro ir para Londres sozinho (a)?

Eu já viajei para Londres sozinha algumas vezes e acho muito tranquilo e muito mais seguro do que qualquer capital brasileira, por exemplo. É óbvio que é sempre bom tomar as devidas precauções e não dar bobeira com a bolsa e/ou carteira e evitar andar em ruas desertas.

viajar para londres

Como ficar conectado na Internet em Londres?

Muitos estabelecimentos (cafés, restaurantes, bares, hotéis, hostels, etc.) oferecem wi-fi grátis. Se a intenção é dar uma conectada rápida ao longo do dia, as conexões de wi-fi grátis já resolvem o problema. Agora se a intenção é ficar o dia inteiro conectado, sugiro a compra de um chip de celular (sim card).  São muitas operadoras: O2, Three, Virgin Mobile, Vodafone, Lebara. Compre um plano pay as you go (o nosso pré-pago). É possível encontrar planos de 1GB de internet por £10. Caso já queira sair do Brasil com um chip de celular, verifique os planos disponíveis da EasySim4u.

Transporte em Londres

O transporte público de Londres é super eficiente. Eu particularmente acho que Londres tem o melhor metrô do mundo. É super abrangente, bem sinalizado, bem conectado. E nos lugares onde você não consegue chegar de metrô você chega de ônibus.

viajar para londres

Símbolo do “tube” – metrô

O problema é que o transporte é caro em Londres, bem caro. Por isso, a dica é adquirir o cartão de transporte chamado Oyster, um cartão inteligente e recarregável. Com ele, as passagens ficam mais baratas. Veja como usar o Oyster: 

– Você tem que comprar o cartão. O custo é de £5, mas o valor é reembolsável. Você pode devolver o Oyster nas bilheterias das estações do metrô (e até mesmo em algumas máquinas) e pegar as £5 gastas na aquisição do cartão.  Importante: os créditos do Oyster não expiram nunca, então se você acha que um dia vai voltar para Londres não vale a pena devolver o Oyster.

– Você pode fazer o “top up” (recarga) e usar no esquema  “pay as you go” ( usou, pagou). As passagens são mais baratas e serão debitadas automaticamente do saldo do cartão.

– Você pode comprar um passe (semanal, por exemplo).

viajar para Londres

 

Vale a pena fazer as contas e ver o que vale mais a pena. Fazendo as contas cheguei à conclusão que até 4 dias o passe semanal não vale a pena. Após esse período, vale a pena.

Hospedagem em Londres

Tem opções de hospedagem para todos os bolsos. Já fiquei no hostel Clink 78 (The Melita (Qbic Londres (reserve aqui). Recomendo todos.

O mais importante para levar em consideração na escolha da hospedagem em Londres é se o hotel fica próximo do metrô e dentro da zona 1 ou 2. Como já foi dito ali em cima, o transporte público é caro e eu acho não vale a pena pagar a extensão do Oyster para a zona 3.

Seguindo essas recomendações já é meio caminho andado para viajar para Londres sem problemas.

Leia mais sobre Londres

Como ir do aeroporto Heathrow ao centro de Londres

Como ir do aeroporto Gatwick ao centro de Londres

Londres: como planejar o seu roteiro

Notting Hill, o bairro mais colorido de Londres

De Little Venice para Camden Lock em Londres

Roteiro 1 dia em Londres

Não perca tempo nas filas de Londres. Compre antecipadamente os ingressos.

 

31 comentários
0

Artigos Relacionados

31 comentários

Paula Abud 17 de dezembro de 2016 - 12:54

Nossa, Fernanda, com esse guia parece bem mais fácil se aventurar por Londres! Tenho muuuuita vontade de conhecer e está nos nossos planos bem futuros, mas está!
Me lembrei dos episódios de Friends olhando as fotos, quando todos vão para o casamento do Ross. In London, Baby hahaha.

Reply
Fernanda 17 de dezembro de 2016 - 20:58

Hehehe. Eu adorei quando os “Friends” foram para a minha amada Londres.

Reply
Klécia 17 de dezembro de 2016 - 17:47

Que post legal Fernanda! Você pensou em tudo né? Adorei a dica do adaptador, é uma coisa que quase nunca lembro de conferir antes de ir pra algum lugar! Londres tá na minha lista, espero que chegue logo o dia de conhecer 🙂

Reply
Fernanda 17 de dezembro de 2016 - 20:57

Pior que em Londres não há gambiarra que resolva, só um adaptador mesmo. Eu sou neurótica com os eletrônicos, então sempre levo um adaptador universal na mala 🙂

Reply
Giulia 17 de dezembro de 2016 - 20:54

Dicas importantíssimas para Londres. Quando for para lá voltarei nesse post com certeza, assim. como faço para todas viagens hahaha. Abraços

Reply
Fernanda 17 de dezembro de 2016 - 20:56

Que bom que gostou e obrigada pela “presença” por aqui. 🙂

Reply
Camilla Kafino 17 de dezembro de 2016 - 23:08

Londres é tudo de bom! Quando fui, demorei uns dois dias para me encantar pela cidade, mas quando a paixão bateu, foi forte 🙂 já planejo uma volta, agora com o filhotinho, pra ser ainda melhor. Excelentes dicas, anotei todas!

Reply
Fernanda 18 de dezembro de 2016 - 21:18

Eu me encantei já no aeroporto. haha 🙂

Reply
Gisele Ramos 18 de dezembro de 2016 - 11:34

Nossa, como eu amo Londres!
Li o post e já fiquei com vontade de voltar <3

Reply
Fernanda 18 de dezembro de 2016 - 21:17

Eu também já estou louca para voltar.

Reply
Amilton 18 de dezembro de 2016 - 20:40

Adorei sua objetividade e também as informações. Muito útil para quem vai a Londres pela primeira vez. Assino embaixo no que diz respeito a cidade favorita, também sou apaixonado por ela!
Abs

Reply
Fernanda 18 de dezembro de 2016 - 21:19

Londres é muito amor!

Reply
Cris 24 de dezembro de 2016 - 13:58

Amo Londres tb! Adoraria que fosse uma cidade mais barata pra visitar! Com as dicas de atrações grátis já ajuda bastante!

Reply
Fernanda 29 de dezembro de 2016 - 08:43

A libra podia baixar um pouco, né?

Reply
Priscilla Fujihara 8 de janeiro de 2017 - 12:49

Nosso sonho é ir para Londres, e está na lista!! Amei as dicas, muito completo o post!
Excelente dica do cartão de transporte! Vamos favoritar para a nossa trip por lá! 🙂

Reply
Jennifer 8 de fevereiro de 2017 - 17:43

Uma informação boa também é que as Zonas são só consideradas pro metrô/trem. Se você tiver o passe semanal por exemplo, de ônibus você consegue ir pra todas as zonas e não será cobrado. Eu moro entre as Zonas 2 e 3 e quando eu quero economizar eu caminho ou pego um ônibus até uma estação da Zona 2 e não me cobram extra.

Reply
Fernanda 11 de fevereiro de 2017 - 11:28

É verdade. Excelente observação.

Reply
Ester 27 de abril de 2017 - 09:00

Saudades de Londres! É uma cidade que quero muito voltar, até porque passei pouco tempo lá e parece que não curti a cidade de verdade, sabe? E adorei o post, tá bem completinho! Adoro esse tipo de post 🙂 Bj!

Reply
Fernanda 1 de maio de 2017 - 11:15

Obrigada 🙂

Reply
waldemar etevaldo dos santos filho 3 de setembro de 2017 - 21:58

Peço informar se e conveniente ficar em Southwark.

Reply
Fernanda 3 de setembro de 2017 - 23:46

Nunca fiquei lá, mas é uma área central.

Reply
gleydis 2 de dezembro de 2017 - 23:29

Oi Fernanda me ajuda aqui por favor. Qual o valor mínimo em libras que eu preciso ter compatível com a duração da viagem para entra no país? Por exemplo para 7 dias.

Reply
Fernanda 16 de dezembro de 2017 - 16:49

Um valor que cubra a hospedagem (se ela já não estiver paga), transporte e comida.

Reply
Leticia Saldinha 14 de fevereiro de 2019 - 16:06

Olá, gostei do seu Blog. Se eu viajar por conta própria e sozinha , você acha necessário contratar um passeio para os dias que ficarei la por uma agencia de viagens, pois não conheço os pontos turísticos e não falo muito bem inglês ou da pra se virar sozinha, você acha que fica mais caro fazer tudo sozinha.. ou comprar os passeios no próprios hotéis chegando la, compensa mais?

Reply
Fernanda 12 de março de 2019 - 20:43

Fica mais barato fazer tudo por conta própria. Londres é uma cidade fácil de se locomover (via metrô ou ônibus).

Reply
Leticia Saldinha 14 de fevereiro de 2019 - 16:12

Olá, gostaria de saber se para viajar sozinha, o que compensa mais comprar os passeios na agencia de viagens ou nos hoteis? já que não conheço Londres e fazer todos os passeios ficaria meio complicado. O que você acha? Já que não falo inglês muito bem.

Reply
Roberta 15 de fevereiro de 2019 - 09:55

Oi Fernanda, adorei suas dicas! Marquei minha viagem para uma semana em Londres, mas estou achando que pode ser pouco tempo… Pensei em alterar para 15 dias, no mês de março… Tem uma quantia obrigatória que preciso levar de dinheiro para ficar 15 dias? No caso, vou ficar na casa da minha prima, o que é importante ela escrever na carta convite? Obrigada 😘

Reply
Fernanda 12 de março de 2019 - 21:07

Dependendo do que você quiser conhecer em Londres 7 dias está ótimo. Sobre a carta-convite, ela deve deixar claro que você vai ficar hospedada lá todos os dias. Caso ela vá custear alguma outra despesa (alimentação, por exemplo) ela também pode escrever isso na carta. Há vários modelos (em inglês) na internet.

Reply
Valéria 22 de março de 2019 - 19:20

Oi Fernanda, tudo bem?
Amei seu post!
Fui a Londres ano passado em maio e vou novamente esse ano. Ficamos em Dollis Hill e eu simplesmente amei!
Mt facil ir pra qualquer lugar em Londres.
Ano passado fui com meu filho que fala ingles fluente, eu não falo bem o inglês, terei problemas de ir sozinha?

Reply
Clara 23 de abril de 2019 - 19:48

Olá Fernanda, gostei muito do seu post! Se possível poderia me tirar uma dúvida? Quanto a hospedagem, qual local mais próximo do centro em relação a não gastar muito com transporte e estar perto dos pontos turísticos? Vi alguns lugares intitulados como “Greater London”, fica perto do centro? É possível usar aquele cartão de passagem?

Reply
Fernanda 26 de abril de 2019 - 21:33

Olá! Recomendo ficar nas zonas 1 ou 2. Possuem acesso mais fácil aos pontos turísticos e passagens mais baratas do metrô. Veja aqui nesse post – http://precisoviajar.com/onde-ficar-em-londres/

Reply

Deixe um Comentário